Geral

DF: ‘Estou arrasada’, diz mãe que descobriu troca de bebês 7 anos após parto

Crédito: Reprodução/ TV Globo

Um exame de DNA, feito pela Polícia Civil do Distrito Federal e divulgado na quarta-feira (27), confirmou uma troca de bebês entre duas famílias, no Hospital Regional de Planaltina, em 14 de maio de 2014. A filha biológica da dona de casa Geruza Ferreira, de 38 anos, foi trocada com o bebê que nasceu cinco minutos depois, na mesma unidade de saúde.

“Eu fiquei feliz porque ela [filha biológica] está bem. A mãe dela é muito cuidadosa, está cuidando dela. Mas por outro lado, estou arrasada, né?”, disse Geruza ao G1.

A troca dos bebês veio à tona em 2020. De acordo com Geruza, o ex-companheiro terminou o relacionamento pouco antes da filha dela nascer. O homem registrou a criança e ajudou financeiramente nos primeiros anos.

No entanto, em 2020, o pai fez um exame de DNA, que comprovou que a menina não era filha dele. Por conta disso, ele moveu um processo de exclusão do nome dele do registro da criança. Surpresa com a situação, a mãe também decidiu fazer um exame de DNA, que comprovou que não havia possibilidade de a menina ser filha biológica dela.

O caso repercutiu e a outra família procurou a polícia para também fazer o teste. “Coletamos amostras biológicas das duas mães, dos dois pais e das duas crianças, realizamos exames de DNA e análises genéticas e conseguimos comprovar cientificamente a maternidade e paternidade biológica de cada criança e confirmar que, de fato, houve uma troca de bebês”, explicou o diretor do Instituto de Pesquisa DNA Forense, Samuel Ferreira.

Após serem informadas do resultado, as duas mães se abraçaram e demonstraram gratidão. “Eu só agradeci, por ela ter cuidado da minha filha. Ela me agradeceu, por ter cuidado da dela. E a gente vai marcar de se encontrar, isso ficou por parte dos advogados.”

Conforme o delegado-chefe da 16ª Delegacia de Polícia, Diogo Cavalcante, o caso segue em investigação para “identificar os servidores envolvidos para eventual responsabilização criminal”.

Em nota ao G1, a Secretaria de Saúde informou que “reforça a sua posição de integral colaboração e se coloca à disposição da Justiça para prestar os devidos esclarecimentos sobre o caso. Sempre que notificada, a pasta fornecerá todas as informações necessárias às autoridades competentes”.


Saiba mais
+ Morre a atriz Noemi Gerbelli, a diretora Olívia da novela 'Carrossel', aos 68 anos
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais