Coronavírus

DF: Assessor que deveria fiscalizar aglomerações é flagrado sem máscara em festa

Crédito: Reprodução/ Redes Sociais

Um assessor especial do gabinete do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), foi flagrado sem máscara em uma festa com cerca de 20 pessoas em Planaltina. Pedro Paulo de Oliveira, conhecido como “Pepa”, é servidor e um dos responsáveis pela fiscalização de irregularidades como aglomerações e a ausência de máscaras durante a pandemia do novo coronavírus.

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, Pepa aparece cantando uma música sertaneja durante a festa. O caso ocorreu no último fim de semana. Ao G1, o assessor afirmou que foi “convidado para uma reunião na casa de uma amiga”, que tirou a máscara “apenas para cantar” e foi “pego de surpresa”.

“Eu tenho pedido para as pessoas ficarem em casa. Não tenha dúvida disso. É minha responsabilidade social e como pessoa pública. Eu peço desculpas… Se eu errei, estou aqui pra isso”, disse Pepa ao G1.

Em nota, o DF Legal informou que “não tomou conhecimento sobre o evento” citado e que, por isso, “não vai se pronunciar”. O Palácio do Buriti não comentou o caso.


Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais