Esportes

Dez novos membros vão integrar o COI em junho, sem Coe e Infantino

O Comitê Olímpico Internacional (COI) vai contar a partir de junho com dez novos membros, mas entre eles não estarão nem o presidente da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), o britânico Sebastian Coe, nem o presidente da Fifa, o suíço-italiano Gianni Infantino, segundo a lista revelada nesta quarta-feira.

Entre os dez nomes que serão submetidos à eleição na sessão do COI em junho figura o presidente do Comitê Olímpico Grego, Spyros Capralos, que em 2012 recebeu uma advertência por seu envolvimento no tráfico de ingressos para os Jogos de Londres.

“Foi há sete anos. As comissões encarregadas de examinar sua candidatura consideraram que ele já havia cumprido sua pena e que a advertência não significa uma exclusão para o resto da vida”, se justificou nesta quarta o presidente do COI, Thomas Bach, diante da imprensa.

Na lista não aparecem nem Coe nem Infantino, os dois presidentes de duas das federações esportivas mais poderosas, para não interferir em seus processos de reeleição, explicou Bach.

No caso de Coe, aliás, pesa o fato de que ele continua sendo presidente de uma empresa de marketing esportivo, o que dificulta sua presença no núcleo do COI.

ebe/ama/mcd/aam