ISTOÉ Gente

“Dez anos que você virou anjo”, diz Cissa Guimarães em homenagem ao filho

Crédito: Reprodução/Instagram

Nesta segunda-feira (20) completa-se 10 anos do acidente que tirou a vida do músico e estudante Rafael Mascarenhas, filho da apresentadora e atriz Cissa Guimarães. Nas redes sociais, ela compartilhou uma homenagem, com uma série de fotos do filho.

“10. Não, não é uma nota 10, mas bem que poderia ser. São 10 anos que você virou Anjo, Rafael. Portanto a nota é musical e infinita. Como o Amor que você nos ensinou e nos deixou de presente. E que nos une, tantas e tantos, muito mais que 10”, começou Cissa.

“10 anos sem tua presença física, sem teu abraço, teu beijo, tua música, lindaaaaaa! Isso dói, como dói!!!!! Mas a gratidão de termos este Anjo de Luz há 10 anos é muito maior. Porque você filho, veio para unir as pessoas no Amor! Minha dor é imensa, mas menor que minha gratidão por ser tua mãe e ter aprendido e recebido tanto Amor de você. Até porque meu amor, sei que você é imenso demais para ser só meu”, continuou.

“Há 10 anos você é nosso e só podemos agradecer por esta Sagrada Benção! Parabéns Anjo Rafael pelos seus 10 anos de Luz e Amor p nós! Salve Rafael! Todo amor da tua mãe”, finalizou.

Rafael Mascarenhas e outros dois amigos andavam de skate em um túnel fechado para manutenção, quando ele foi atropelado. Em 2013, o túnel onde ocorreu o acidente recebeu o nome dele, como uma homenagem.

Confira o post de Cissa abaixo:

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel