Economia

Desvalorizar peso seria ‘máquina de gerar pobreza’, diz presidente da Argentina

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, afirmou nesta segunda-feira, 26, sobre a relação entre o peso e o dólar, que “desvalorizar é muito fácil. Mas desvalorizar é uma máquina de gerar pobreza”. Em evento para a entrega de moradias, Fernández evocou as memórias trazidas pela queda do valor da moeda nacional em anos anteriores, enfocando os aspectos negativos sobre os mais pobres.

“Queremos uma Argentina que cresça, trabalhe e exporte, assim queremos conseguir os dólares”, afirmou o presidente.

O anúncio vem em meio ao aumento na brecha entre o dólar oficial e o paralelo, com a cotação do chamado “dólar blue” atingindo nesta segunda-feira o valor histórico de 195 pesos, segundo reportam os meios locais.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel