Esportes

Destaque no Palmeiras, Zé Rafael agradece Alex por bronca no início da carreira

Camisa 8 do Verdão jogou com ídolo alviverde no Coritiba e recebeu uma dica valiosa em seu começo de trajetória no futebol

Destaque no Palmeiras, Zé Rafael agradece Alex por bronca no início da carreira

Zé Rafael tem sido destaque do Palmeiras na temporada. Com cinco gols e cinco assistências no ano, o camisa 8 foi decisivo, mais uma vez, na vitória sobre o Delfin por 3 a 1 na última quarta-feira (25), pela partida de ida das oitavas de final da Libertadores 2020.

Mas se Zé Rafael vem conquistando a torcida alviverde, muito se deve a Alex. Companheiro nos tempos de Coritiba, o ídolo palmeirense alertou para que Zé levasse a carreira mais a sério:

– Em 2012, eu acertei meu retorno ao Coritiba e o Zé Rafael já fazia parte do elenco. Como eu ainda não podia jogar, fiquei treinando com a molecada. Voltei na pré-temporada de 2013 e o Zé estava treinando com o grupo principal. Tecnicamente, eu vi que ele já se sobressaía, além de ter uma força muito boa. Só que ele tinha um problema, como a maioria dos jovens tem… Trabalhava pouco – disse Alex para a “ESPN Brasil”.

Zé Rafael Coritiba


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Zé Rafael com apenas 20 anos em ação pelo Coritiba, em jogo do Campeonato Paranaense de 2013 (Foto: Divulgação/Coritiba)

Não demorou muito para que Zé Rafael tomasse uma chamada de Alex e outros jogadores mais velhos do Coxa, que se incomodavam com a postura de alguns jovens talentos do time paranaense.

– Uma vez, acabou um treino e a gente foi lá fazer o trabalho extra, enquanto ele pegou as coisas e foi embora. Quando vimos o Zé saindo, nós, os jogadores mais velhos, o chamamos de volta para treinar e conversamos com ele. ‘Zé, você tem muito potencial. Mas se trabalhar num nível baixo, você vai ficar no meio do caminho… Se trabalhar alto, o futebol vai sorrir para você, porque qualidade você tem de sobra’. Ele nos ouviu e, daí em diante, começou a treinar de verdade – afirmou Alex.

O ex-camisa 10 que fez história no Palmeiras lembrou dos tempos de Verdão e de como os atletas mais experientes do elenco o ajudaram a aprimorar o seu futebol:

– Eu falo isso porque passei por essa fase também. Quem me ensinou o valor do trabalho duro foram os jogadores do Palmeiras, como César Sampaio, Zinho, Arce…Eles me ofereceram essa situação que o Zé depois pegou no Palmeiras, com caras como Edu Dracena, Felipe Melo… São caras velhos, mas campeões, e ele viu que teria que correr atrás para atingir o nível desse pessoal – completou.

Em seu Twitter, Zé Rafael agradeceu Alex, a quem o atual camisa 8 do Palmeiras chama de padrinho.

Após se destacar na base do Coritiba, Zé Rafael foi emprestado para o Londrina, onde fez boa Série B em 2016 e chamou a atenção do Bahia, que contratou o meia no início de 2017. No Tricolor de Aço, Zé cresceu ainda mais, tanto que fez o Palmeiras apostar na sua contratação para a temporada de 2019.

A diretoria alviverde pagou R$ 14,5 milhões por 70% dos direitos econômicos do atleta de 27 anos, que possui contrato com o Verdão até 2024.

Além de Zé Rafael, o Palmeiras tem outro jovem talento revelado nas categorias de base do Coritiba, e que vem sendo um dos destaques do clube nesta temporada. Trata-se de Raphael Veiga, contratado pelo Verdão após ser uma das revelações do Brasileirão de 2016.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Carla Perez fala sobre vida nos EUA: “Aqui é vida normal”
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel