Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

No empate sem gols do Corinthians com o Boca Juniors, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, Adson completou 50 jogos pelo clube alvinegro.

+ GALERIA – Yuri Alberto é o 14º! Relembre as contratações do Timão na ‘era Duílio’

Na partida contra os argentinos, o camisa 28 foi derrubado dentro da área pelo lateral Sández. O árbitro Roberto Tobar não assinalou penalidade, gerando reclamação pelo lado corintiano. O VAR viu exagero na queda do garoto e seguiu a opinião do árbitro chileno.

+ TABELA – Confira e simule as partidas do Corinthians no Brasileirão

Adson estava no sub-20 do Timão até 2020, quando subiu ao elenco profissional para ser opção para o técnico Vagner Mancini. Ele fez sua estreia pelo Timão ao entrar nos minutos finais da vitória corintiana sobre a Ponte Preta, pela segunda rodada do Paulistão da temporada passada.

Desde então, ele passou a receber chances com Sylvinho e ganhou ainda mais prestígio com a chegada de Vítor Pereira. Na atual temporada, o camisa 28 soma quatro gols e uma assistência. Ele foi titular em 12 das 30 partidas do clube alvinegro com o treinador português.

Além das bolas na rede, Adson é o vice-líder da elenco em dribles no Brasileirão, com 25 realizados, ficando atrás apenas de Willian com 26. O garoto de 21 anos aparece no top 5 de finalizações (13), divididas ganhas (59) e desarmes (20) dentro do Timão na Série A.