Saúde da mulher

Desmame: técnicas indicadas por especialistas e quando começar

Crédito: Freepik

A amamentação é um desafio, e o desmame não é diferente. É comum ter dúvidas e receios quando o assunto é deixar o leite materno ou as fórmulas para introduzir a alimentação sólida. Especialistas esclarecem que algumas técnicas podem facilitar esse momento.

+ Amamentação melhora saúde mental das mulheres conforme elas envelhecem, indica estudo

+ 10 erros cometidos durante a amamentação

Ao “Yahoo Life”, a nutricionista pediátrica Krystyn Parks falou sobre o desmame conduzido por bebês — quando a criança dita o ritmo durante a introdução de alimentos sólidos. Segundo ela, o método incentiva uma abordagem de alimentação responsiva, em que os pais devem respeitar o tempo do bebê e se atentar aos sinais de fome e saciedade.

“Os bebês são naturalmente comedores intuitivos. Eles comem quando estão com fome e param quando estão satisfeitos”, garantiu a especialista. Parks acrescentou que “se os pais os encorajam a comer consistentemente além da saciedade — o que pode acontecer facilmente quando os pais lideram os alimentos sólidos — os bebês começam a depender de fatores externos para determinar quanto comer, em vez de seguir sua própria fome e saciedade”. 

Não respeitar as necessidades do(a) filho(a), evitando que ele(a) dite o ritmo da introdução alimentar, pode trazer consequências à saúde no futuro, como comer demais ou insuficiente. Com base em pesquisa, a nutricionista alertou que crianças que não passam dos purês (alimentação pastosa) aos 9 meses tendem a ser mais exigentes.

Quando inciar o desmame

Ali Wolf, apresentadora de um Podcast sobre maternidade, disse que o desmame liderado por bebês pode parecer “esmagador” à primeira vista. Ela recebeu luz verde do pediatra para apresentar alimentos sólidos para sua filha aos 4 meses.

“O desmame liderado por bebês pode ser intimidante e ligeiramente restritivo. Como mãe de primeira viagem, senti que deveria escolher uma abordagem e segui-la”, declarou, reforçando que o processo é uma evolução constante, para os pais e para os filhos.

Seguir as orientações do pediatra é essencial, pois somente o profissional poderá instruir o melhor momento para iniciar a alimentação, com base na individualidade da criança. 

A decisão pode favorecer a todos os membros da família, segundo Ali. “Acredito que a longo prazo ensina independência e exploração. Eu também me senti mais inspirada para criar novas receitas saudáveis ​​para toda a família desfrutar. Quero que a hora das refeições seja uma experiência relaxante e alegre para todos, e o desmame liderado por bebês ajuda a reforçar isso”.

Como iniciar o desmame liderado por bebês

A maneira com que os pais introduzem os alimentos deve respeitar a individualidade da criança. É importante reconhecer os sinais de que um bebê está pronto antes de dar o primeiro passo para o desmame liderado por ele.

A nutricionista Molli Fowler tem um perfil no Instagram dedicado ao assunto. Em uma de suas publicações, ela apontou como saber quando seu bebê está preparado para dar esse passo:

• Bebê ter cerca de 6 meses;

• A criança pode sentar-se com pouca ajuda;

• O bebê se interessa por comida e coloca objetos na boca;

• Reflexo de impulso de língua (simular que está mamando) está começando a desaparecer.

Fowler ainda compartilhou uma lista de alimentos práticos para iniciar essa nova jornada, são eles: abóbora, banana, abacate, frango, brócolis, ovo mexido, maçã, batata-doce, cenoura, macarrão, melão, salmão e melancia.

O processo tende a ser ainda mais desafiador no início, portanto, ter paciência é essencial. Além disso, requer cuidado e atenção para evitar engasgos e acidentes, por isso é necessário realizar o corte ideal para cada tipo de alimento. É indispensável ter instruções de profissionais, como pediatra, fonoaudiólogo ou nutricionista.

“Conheça as crianças onde elas estão. Se o seu bebê não está pronto para isso, não se precipite. O mais importante é olhar para os sinais dele e partir daí, e sempre modificar conforme necessário para seu bebê”, ponderou a fonoaudióloga pediátrica Monica Phillips. 


Saiba mais
+ Andressa Urach pede dinheiro na internet: ‘Me ajudem a pagar a fatura do meu cartão’
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua