Brasil

Desaparecimento de transexual no interior paulista é investigado pela polícia

Crédito: Arquivo pessoal

Alice Garrefa (Crédito: Arquivo pessoal)


Sob supervisão da polícia civil, o caso de desaparecimento de Alice Garrefa, de 25 anos, em Ribeirão Preto, no interior paulista, é investigado, conforme apuração do G1.

A família da vítima registrou o sumiço da jovem no último dia 4 de agosto. Ela foi vista pela última vez na saída de um motel em um carro, na Zona Norte da cidade.

Apesar de ser vista pela última vez em Ribeirão Preto, a jovem reside e trabalha como maquiadora em Sertãozinho, também do interior de São Paulo.

Durante o registro da ocorrência, a mãe de Alice revelou que a jovem tinha um relacionamento com um homem de Florianópolis, em Santa Catarina. A mulher disse ainda que a jovem foi ameaçada de morte pelo companheiro.

Ainda de acordo com o boletim, o homem teria se passado por outra pessoa e ligado para a maquiadora de um número diferente no último dia 3 de agosto.

Na ligação, o homem convidou a jovem para um motel em Ribeirão Preto. A maquiadora aceitou a proposta e foi com o homem para o local, mas, segundo a polícia, teria ficado apenas 10 minutos no motel.

Alice saiu do estabelecimento em um carro branco e desde então está desaparecida. Sem contato com a jovem, amigos e familiares tentaram ligar para ela, sem sucesso pois o aparelho está desligado.