Brasil

Depoimento do presidente da Anvisa na CPI é adiado para dia 11


SÃO PAULO, 6 MAI (ANSA) – O depoimento do presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barros Torres, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 no Senado foi adiado para a próxima terça-feira (11), decidiram os senadores.   

A mudança foi tomada ao fim da primeira parte do interrogatório do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, nesta quinta-feira (6).   

Como na sessão de hoje ainda faltavam as perguntas de 13 senadores e suplentes, a presidência da CPI optou por consenso por prorrogar a oitiva com o ministro.   

Na agenda da próxima semana, ainda estão agendados os depoimentos dos ex-ministros Fabio Wajngarten (Secretaria da Comunicação) – no dia 12 – e de Ernesto Araújo (Relações Exteriores) – no dia 13. Também foram convocados a atual presidente da Pfizer no Brasil, Marta Díez, e o ex-líder do laboratório Carlos Murillo para o dia 13. (ANSA).   

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

Veja também
+ Sabrina Sato mostra corpo musculoso em clique na floresta
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago