Esportes

Denunciado, Atlético de Madrid pode ser punido por cântico ‘Morra, Griezmann’

O Atlético de Madrid pode ser punido após seus torcedores entoarem cânticos ameaçadores contra o atacante francês Antoine Griezmann, ex-jogador do clube, na partida do último domingo contra o Barcelona, válida pelo Campeonato Espanhol.

A liga espanhola anunciou nesta quarta-feira que denunciou o clube depois de alguns torcedores cantarem “Morra, Griezmann” no início da partida vencida pelo Barcelona e disputada no Estádio Wanda Metropolitano, em Madri. O comitê antiviolência da Federação Espanhola de Futebol analisará o caso. É provável que o clube seja multado se for considerado culpado, também podendo ter parte de setores do seu estádio fechado.

Para embasar a sua denúncia, a liga disse que cerca de 2 mil torcedores, que estavam concentrados do setor do estádio onde ficam os “ultras” do Atlético de Madrid realizaram o cântico por cerca de 20 segundos no sétimo minuto da partida. Os cânticos foram repetidos no segundo tempo, sedo entendidos pela liga como uma incitação à violência.

Griezmann trocou o Atlético pelo Barcelona no final da temporada passada, em uma transferência de 120 milhões de euros (aproximadamente R$ 558 milhões). O atacante francês foi vaiado quase todas as vezes em que tocou na bola no Wanda Metropolitano no último domingo. Foi sua primeira partida no estádio do clube de Madri desde a sua saída do clube. O Barcelona venceu o duelo por 1 a 0, com um gol de Lionel Messi aos 41 minutos do segundo tempo.

Veja também

+ Pronampe: pedidos ao Sicoob somam R$ 500 mi em 1 dia, 41% do limite
+ Leilão tem Camaro por R$ 72 mil e Versa por R$ 22 mil
+ Gafanhotos: Bahia enfrenta nuvem de insetos
+ A história da Rural e da picape F-75, avós dos SUVs brasileiros
+ 5 dicas para conservar (ou comprar) uma picape
+ Hackers brasileiros roubaram dados de clientes em 12 bancos
+ Jovem pede delivery e encontra dedo humano em esfirra
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior