Esportes

Denílson aconselha Paquetá a ficar na Europa: ‘Espera passar essa fase’

Após especulação do jovem no São Paulo e negativa por parte do jogador, apresentador da Band lembrou das dificuldades que teve no Bétis para aconselhar a promessa

Denílson aconselha Paquetá a ficar na Europa: ‘Espera passar essa fase’

O apresentador da Band Denílson aconselhou o meia do Milan, Lucas Paquetá, após especulações da mídia italiana afirmar que o jogador estaria envolvido em uma possível transação com o São Paulo. O meia de 22 anos negou e fez juras de amor ao Flamengo nas redes sociais, afirmando que o Rubro-Negro seria o único time brasileiro onde ele jogaria.

Para Denílson, Paquetá deve manter sua cabeça focada na Europa.

– Aguenta, Paquetá. Fica quieto aí na Europa. Todo mundo passa por um momento de adaptação, de dificuldade. Uns mais do que outros. (…) Espera passar essa fase. Eu falo até com certa propriedade, por ter ido muito jovem para o futebol europeu, ter passado as minhas dificuldades, e ter superado – disse o apresentador.

– É legal mostrar o sentimento pelo Flamengo. É lindo o sentimento, mas fica quieto na Europa. Espera passar essa fase. Se esforça para se adaptar. Você joga muita bola, tem talento. Não volta para o Brasil. Triunfa no futebol europeu – completou.

Com contrato até 2023 e multa rescisória de 50 milhões de euros (R$ 305 milhões), os valores poderiam ser um entrave para uma possível negociação de Paquetá que vem sendo alvo de alguns clubes da Europa. Recentemente, Benfica, Fiorentina e Valencia demonstraram interesse no jogador da Seleção Brasileira.

Veja também

+ Pronampe: pedidos ao Sicoob somam R$ 500 mi em 1 dia, 41% do limite
+ O anel de noivado de diamantes de Nicola Peltz com o filho de Beckham, custou mais de R$2.3 milhões
+ Leilão de carros tem Camaro a partir de R$ 72 mil
+ Yamaha XSR 155, retrô de baixa cilindrada, é apresentada
+ Veja 7 incríveis casas na natureza para sonhar
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior