ISTOÉ Gente

Demi Moore diz que mãe deixou homem estuprá-la por 500 dólares

Abuso aconteceu quando a atriz tinha 15 anos

Crédito: Reprodução/Instagram

Demi Moore (Crédito: Reprodução/Instagram)

Rio – Após contar que foi estuprada aos 15 anos, Demi Moore deu mais detalhes sobre o caso recentemente no programa “Good Morning America”. A atriz revelou que sua mãe, Virginia King, deixou um homem alcóolatra violentá-la por 500 dólares.

“Foi estupro e uma traição devastadora revelada pela pergunta cruel dele: ‘Como é a sensação de ser prostituída por sua mãe por 500 dólares?”, contou a atriz no programa. O caso também está em sua biografia, “Inside Out”.

A atriz contou que sua mãe era alcóoltra e costumava levá-la a bares para chamar atenção dos homens. Em uma das vezes, assim que voltou para casa, Demi encontrou um homem mais velho lá. Foi então que aconteceu o estupro.

Demi acredita que o gesto da mãe não foi intencional e que não houve uma transação direta. Mas reconhece que foi ela quem deu a chave de casa ao homem e que depois recebeu o dinheiro. “Acho que no fundo do meu coração, não. Não acho que tenha sido uma transação direta, mas ela ainda deu a ele o acesso e me colocou em perigo.”, afirmou.