Geral

Deltan Dallagnol interferiu na sucessão de Moro para ter juiz aliado da Lava Jato, diz site

Crédito: Rovena Rosa/Agência Brasil

Os procuradores da Operação Lava Jato no Paraná, com aval do coordenador Deltan Dallagnol, interferiram na sucessão do ex-juiz Sergio Moro para ter um substituto que fosse aliado dos investigadores. As informações são do site Intercept Brasil.

Segundo o site, mensagens trocadas por Deltan no Telegram em janeiro de 2019 mostram a discussão de um plano para afastar quem pudesse atrapalhar os trabalhos da operação.

De acordo com o Intecerpt, a força-tarefa ficou preocupada de que o juiz Julio Berezoski Schattschneider, que trabalhava em Santa Catarina, pudesse assumir a operação. Deltan chegou a classificar ele de “péssimo”.

A força-tarefa conseguiu convencer o juiz Luiz Antonio Bonat, que não tinha interesse, em se inscrever “por amor à camisa” e ele assumiu a 13ª Vara no dia 6 de março.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel