O Dia

Delegacia da Ilha indicia donos de quiosques da praia da Bica

Operação foi deflagrada em maio deste ano

Rio – Agentes da 37ª DP (Ilha do Governador), concluiu inquérito policial instaurado a partir da Operação Combo, deflagrada no dia oito de maio deste ano, que indiciou 13 pessoas pelos crimes de desobediência e perturbação da tranquilidade. São sócios de quiosques que, de acordo com as investigações, descumprem as normas vigentes, desobedecendo ainda a interdição parcial feita pela Polícia Civil.

Na operação, em maio, quatro proprietários de quiosques foram presos por crime contra a relação de consumo, já que foram apreendidos nos estabelecimentos alimentos impróprios para o consumo. Neste dia, além das prisões, seis quiosques também foram parcialmente interditados.

A delegacia solicitou ao Ministério Público e Poder Judiciário que seja decretada a interdição total de seis quiosques e a cassação parcial do alvará de um restaurante nobre na região. A proibição dos sócios de comparecer ao local até julgamento final da ação também foi requerido.

Por conta da ilegalidade do funcionamento dos quiosques em toda extensão da orla da praia da Bica, foi instaurado um novo inquérito, agora para apurar crime de fraude em licitação.