Economia

Déficit primário deve ficar abaixo de última estimativa da SPE, diz Tesouro

Com o resultado de novembro melhor do que a expectativa do mercado, o Tesouro Nacional acredita que o déficit primário do Governo Central em 2020 ficará abaixo da última estimativa do Ministério da Economia, que foi de R$ 831,8 bilhões. A projeção de déficit foi feita pela Secretaria de Política Econômica (SPE) da pasta.

No sumário executivo que a acompanha os dados do Governo Central, divulgado nesta terça-feira, 29, o Tesouro ressalta que essa melhora no déficit se deve ao empoçamento de recursos, que chegou a R$ 34,8 bilhões no mês passado. Esse empoçamento é causado quando os ministérios não conseguem executar verbas já autorizadas, seja por questões burocráticas seja porque uma obra não foi concluída, por exemplo.

Apesar do crescimento dos casos de covid-19, o Tesouro afirmou que o espaço fiscal de que o Brasil dispõe para novas medidas de enfrentamento à pandemia é “limitado”. “Para 2021, observa-se o aumento recente das incertezas em relação aos impactos da segunda onda da pandemia de covid-19. Mantém-se a recomendação de que a necessária retomada do processo de consolidação fiscal passa pela garantia de que despesas temporárias não se tornem permanentes e pela discussão sobre o ritmo de crescimento das despesas obrigatórias”, afirmou.

O órgão ressaltou ainda a necessidade de reduzir incertezas sobre a trajetória futura do gasto público e robustecer regras fiscais, como o teto de gastos. “A sustentabilidade fiscal é a base da ancoragem das expectativas, que permite a queda de juros no Brasil e a manutenção da confiança dos agentes econômicos, mesmo diante de uma das maiores crises pela qual o País já passou”, completa.

Segundo o órgão, o déficit de R$ 18,241 bilhões registrado pelo Governo Central em novembro é resultado principalmente do aumento das despesas do Executivo decorrentes de medidas de combate à crise da covid-19. O Tesouro ressaltou, porém, o recolhimento, no mês passado, de parte das receitas diferidas no início da pandemia, o que teve impacto positivo na arrecadação de tributos.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

O resultado de novembro foi ajudado, ainda, pela devolução de R$ 4,1 bilhões em recursos do Programa Emergencial de Sustentação de Empregos (Pese) que não foram utilizados.

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Perlla mostra tatuagem ousada no bumbum
+ Conheça o Storm, um blindado híbrido de 8000 kg que atinge 140km/h e ainda pode andar na água
+ Fotos: Paolla Oliveira mostra seu sítio luxuoso na Serra do Rio de Janeiro
+ Motorhome com dois andares tem até elevador para o terraço
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica