Geral

Defesa Civil reconhece emergência em município de PE por óleo no mar

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) reconheceu hoje (23) situação de emergência no município de São José da Coroa Grande (PE) por conta do derramamento de óleo no mar. A Portaria n. 2.499 foi publicada no Diário Oficial da União.

Por meio de nota, a pasta informou que o ministro Gustavo Canuto e o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, estiveram ontem (22) no estado para tratar com autoridades locais sobre ações emergenciais de resposta ao desastre ambiental.

Com o reconhecimento federal de emergência, o município do litoral sul pernambucano – distante apenas 3 quilômetros da divisa com Alagoas – poderá solicitar auxílio para ações emergenciais à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec).

Os pedidos devem ser encaminhados via  Sistema Integrado de Informações sobre Desastres. O apoio oferecido pela Sedec, de acordo com o ministério, é complementar à atuação dos governos estaduais e municipais.

Balanço das ações

Ainda no comunicado, a pasta destacou que diversos órgãos federais trabalham de forma integrada para conter os efeitos provocados pelo derramamento de óleo no Nordeste.

Segundo o ministério, mais de 1,5 mil homens da Marinha, que trabalham na chamada Operação Amazônia Azul, além de 1,8 mil colaboradores contratados pela Petrobrás para atuarem na limpeza das praias. O Ibama conta com apoio de cerca de 70 funcionários na região.

No início da semana, a Defesa Civil Nacional reconheceu situação de emergência nos municípios baianos de Camaçari, Conde, Entre Rios, Esplanada, Jandaíra e Lauro de Freitas.