ISTOÉ Gente

Dedé Santana revela que Xuxa não gostou de beijá-lo em filme: ‘Ela achou chocho’

Crédito: Reprodução/Instagram

Dedé Santana e Xuxa (Crédito: Reprodução/Instagram)


Após Sérgio Mallandro fazer revelações antigas sobre ter trabalhado com Xuxa, agora foi a vez de Dedé Santana. Em entrevista ao podcast Papagaio Falante, o humorista disse que a eterna Rainha dos Baixinhos não gostou de ter beijado ele no filme “O Mágico de Oróz” (1984), do qual formaram par romântico na época.

“Vou te desbancar hoje aqui. Você foi príncipe da Xuxa, mas quem beijou fui eu. No filme ‘O Mágico de Oroz’, eu fazia o noivo dela e no final tinha o beijo na boca. Eu estava sem jeito porque ela era muito minha amiga. Quando chegou o dia da cena do beijo, eu perguntei ao diretor como faríamos e ele pediu que eu falasse com ela”, explicou Dedé.

O veterano concluiu dizendo que Xuxa teria incentivado que eles descem um beijo nada técnico: “Cheguei e falei para ela: ‘Xuxa, hoje é a cena do beijo, mas só que tem um problema: não sei dar beijo técnico, não sou galã de novela, então como eu faço?’. Ela virou para mim e disse assim: ‘Lasca!’. Na hora de gravar, dei aquele beijão nela e perguntei como tinha sido. Ela respondeu que tinha achado chocho.”

Assista a entrevista na íntegra:

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio