Ediçao Da Semana

Nº 2741 - 05/08/22 Leia mais

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quinta-feira, 17, ter assinado decreto que libera imediatamente o uso de máscaras de proteção em locais fechados no Estado. O dirigente paulista atribui a medida ao avanço da vacinação e à queda nas internações. O uso obrigatório do acessório para a prevenção à covid-19 permanece em unidades de saúde, hospitais e transporte público do Estado.

Segundo o governo, o novo decreto será publicado em edição extra do Diário Oficial. A flexibilização em ambientes abertos já havia sido autorizada pelo Governador no último dia 9.

“Recebi hoje à tarde uma nota técnica do Comitê Científico que demonstra uma melhora consistente na situação epidemiológica no Estado. Por isso decidi, com respaldo desses cientistas e médicos, abolir imediatamente a obrigatoriedade do uso de máscara em todos os ambientes, com exceção de unidades de saúde, hospitais e transporte público”, relatou Doria.

Para a liberação, reforça o governo paulista “Especialistas levaram em consideração o índice de vacinação com duas doses no Estado, que atingiu a meta definida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde (MS) de 90% da população elegível, ou seja, acima de 5 anos imunizada”, informou.