Economia

Decisão de bloquear WhatsApp partiu de comarca de Duque de Caxias

A Justiça mandou bloquear novamente o serviço de mensagens WhatsApp a partir desta terça-feira, 19. A decisão, da comarca de Duque de Caxias, no estado do Rio de Janeiro, determinou que o serviço seja interrompido nas principais operadoras do País – Tim, Vivo, Claro, Nextel e Oi.

A ordem de interrupção do serviço partiu da juíza Daniela Barbosa Assunção de Souza, que exige que o Facebook – proprietário do WhatsApp – ceda informações de conversas de usuários investigados pela Justiça.