Mundo

Debate democrata terá primeiro duelo entre Biden e Warren

WASHINGTON, 12 SET (ANSA) – Os 10 pré-candidatos democratas mais bem colocados nas pesquisas fazem nesta quinta-feira (12) o terceiro debate das primárias para as eleições presidenciais de 2020 nos Estados Unidos.   

Esse será o primeiro embate realizado em uma única noite, já que os dois anteriores foram divididos em duas partes por causa do grande número de pré-candidatos.   

O debate desta quinta reunirá o ex-vice-presidente Joe Biden, favorito nas pesquisas, e todos os seus principais desafiantes: os senadores Elizabeth Warren, Bernie Sanders e Kamala Harris, além do prefeito de South Bend, Pete Buttigieg, e do ex-congressista texano Beto O’Rourke, que correm por fora.   

Os outros que estarão presentes são os senadores Amy Klobuchar e Cory Booker, o ex-secretário nacional de Habitação Julian Castro e o empreendedor Andrew Yang.   

Para se credenciar ao debate, os pré-candidatos precisavam registrar 2% ou mais das intenções de voto em quatro pesquisas divulgadas entre 28 de junho e 28 de agosto e contabilizar pelo menos 130 mil doadores individuais em suas campanhas, sendo no mínimo 400 em pelo menos 20 estados.   

Mais de 10 postulantes não conseguiram preencher os critérios, incluindo o prefeito de Nova York, Bill de Blasio. Essa será, por exemplo, a primeira chance de um embate direto entre Biden e Warren, que até então participaram em noites separadas.   

Uma pesquisa divulgada nesta quarta (11) pela CNN mostra o ex-vice de Barack Obama com 24% das intenções de voto, queda de cinco pontos em relação à sondagem anterior, enquanto a senadora está em segundo lugar, com 18%, tecnicamente empatada com Sanders, com 17%. Esses dois últimos disputam a mesma fatia do eleitorado, aquele mais à esquerda.   

Todos os outros pré-candidatos, incluindo Harris, que teve um momento de alta após confrontar Biden no primeiro debate, estão com menos de 10%. (ANSA)