Esportes

De olho no Pacaembu, Fluminense encara o Santos para sair da zona de rebaixamento

Em busca da reabilitação da derrota para o Goiás no final de semana, quando foi batido por 3 a 0, em Goiânia, e com o objetivo de sair da zona de rebaixamento, o Fluminense enfrenta o Santos nesta quinta-feira, às 20 horas, no estádio do Maracanã, no Rio, pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

E o clube tricolor estará de olho no jogo do CSA contra o Palmeiras, no Pacaembu, em São Paulo. Em 18.º lugar, com 18 pontos, o time carioca tem apenas um a menos que o clube alagoano, que hoje encabeça a zona de descenso na tabela de classificação. O Cruzeiro, também com 19 pontos, é o 16º colocado, mas já atuou nesta rodada – empatou por 0 a 0 com o Ceará, na quarta-feira, em Fortaleza.

Para essa missão, a diretoria do Fluminense espera a ajuda da torcida. Para tanto, estão sendo vendidos, desde a última segunda-feira, ingressos a partir de R$ 10 (R$ 5 a meia) para o setor leste, o mais barato do estádio do Maracanã, para os jogos contra Santos e Grêmio nas próximas duas rodadas do Brasileirão.

Antes de perder para o Goiás, o Fluminense venceu o Corinthians, em Brasília, e parecia que teria um respiro no Brasileirão. Chegando na sua sétima partida no clube nesta quinta-feira, o técnico Oswaldo de Oliveira confessou que a prioridade é tentar conter a alternância de resultados do time carioca.

“Estamos tentando resolver essa oscilação. Após o jogo contra o Fortaleza, aconteceu o mesmo diante do Palmeiras. E hoje (domingo) aconteceu após termos vencido o Corinthians. É uma alternância que não pode acontecer”, afirmou o treinador.

Para a partida contra o rival paulista, o atacante Wellington Nem, que ficou fora na última rodada devido a um desconforto na coxa esquerda, deve ser o reforço, mas não tem presença confirmada entre os titulares.