Esportes

De olho no Mundial, Palmeiras faz coletivo em ritmo de jogo-treino, com direito a decisão nos pênaltis

Abel Ferreira mostrou estar certo ao buscar calibrar o pé do elenco para a tradicional forma de desempate, já que os supostos reservas bateram os titulares nesta manhã

De olho no Mundial, Palmeiras faz coletivo em ritmo de jogo-treino, com direito a decisão nos pênaltis

na Academia de Futebol (Foto: Cesar Grecco/Palmeiras)

Usando uniformes oficiais de jogo, o Palmeiras realizou na manhã desta terça-feira (19), na Academia de Futebol, uma espécie de treino coletivo em ritmo de jogo-treino de titulares contra reservas. A atividade terminou empatada em 2 a 2 e a equipe vestindo branco, com a escalação mais, digamos, alternativa, venceu nos pênaltis.


De olho no Mundial de Clubes, treinar essa forma de desempate virou um mantra para Abel Ferreira. Na segunda-feira (18), o treinador português utilizou um dos períodos de atividades somente paira treinar cobranças.

E ele mostrou estar certo, afinal o chamado time titular acabou superado nesta manhã justamente nas cobranças de penalidades.

O ‘coletivo’ foi o último jogo-treino realizado pelo Palmeiras antes da estreia no Campeonato Paulista, no próximo domingo (23), contra o Novorizontino, fora de casa, às 16h (de Brasília).

Nesta manhã, a equipe usando a camisa verde, supostamente a titular, atuou com Weverton; Gómez, Luan e Piquerez; Mayke, Danilo, Zé Rafael e Gustavo Scarpa; Raphael Veiga, Rony e Dudu.

O branco jogou com Marcelo Lomba; Kuscevic, Murilo e Jorge; Marcos Rocha, Gabriel Menino, Atuesta e Wesley; Breno Lopes, Deyverson e Gabriel Veron.

Pelo que indica as escalações, Abel deve mesmo formar o Verdão neste início de temporada com um 3-4-3, com os laterais-esquerdo fazendo o papel de terceiro zagueiro (como no ano passado, com Piquerez nos titulares). Murilo, contratado para exercer a função, jogou no miolo da trinca defensiva do time branco. Gustavo Scarpa segue fazendo a ala por aquele lado do campo e Rafael Navarro, como esperado, entrou como o centroavante que o treinador tanto pediu, com Rony atuando na ponta-direita.

Na lateral-direita, Mayke parece ter agradado na final da Copa Libertadores ante o Flamengo e por enquanto aparece na frente de Marcos Rocha na disputa por posição.

O primeiro tempo, com duração de 35 minutos, terminou 1 a 0 para o branco. Logo no começo da partida, Breno Lopes recebeu passe pela direita, invadiu a área e chutou forte. No intervalo, a única substituição foi a entrada de Vinicius no lugar de Weverton.

Na etapa final, também de 35 minutos, Gabriel Veron fez jogada individual pela direita, levou para o fundo e cruzou para Deyverson se esticar e ampliar o placar: 2 a 0.

Na sequência, no verde entraram Rafael Navarro na vaga de Mayke, empurrando Rony para a ala direita, e Patrick de Paula no lugar de Zé Rafael, enquanto no branco Jailson substituiu Gabriel Menino.

A reação dos titulares, de verde, começou aos 20 minutos, com Veiga convertendo pênalti sofrido por Rony. Três minutos depois, Scarpa cobrou falta por baixo da barreira e deixou tudo igual.

Na parte final, o zagueiro Renan entrou no lugar de Breno Lopes na equipe branca, deslocando Jorge para a ala esquerda, Wesley para a ponta esquerda e Veron para a direita.

Na disputa por pênaltis, o branco venceu por 4 a 3, com gols de Jailson, Atuesta, Deyverson e Jorge. Pelo verde, os tentos anotados da marca da cal foram de Raphael Veiga, Navarro e Patrick de Paula.

Na saída de campo, Deyverson, autor de gol no tempo normal e nos pênaltis, fez sua análise do duelo.

– Abrimos o placar, fizemos o segundo e depois baixamos um pouco. Todos estão sujeitos a errar, mas acho que foi um erro do árbitro, acho que não foi pênalti para eles (risos)… Mas, independentemente disso, o time continuou focado e com muita vontade porque foi uma preparação para o jogo de domingo. Foi uma atividade séria, como se fosse um adversário mesmo, e estamos nos preparando com muita intensidade para chegarmos todos fortes nos jogos.

Os outros jogos-treino foram contra Pouso Alegre-MG (2 a 2), Portuguesa (derrota por 2 a 1), Juventus-SP e Primavera-SP (vitórias palestrinas por 2 a 1).

O Verdão volta a treinar nesta quinta-feira (20), às 9h30 (de Brasília).

Na sexta-feira (21), o trabalho também será matutino (9h30) e, no sábado (22), o time treina na Academia de Futebol pela manhã e segue em seguida para o interior paulista.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

> Confira o caminho do Verdão no Mundial de Clubes-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Confira a pré-lista de inscritos do Palmeiras para o Mundial de Clubes

Palmeiras treino coletivo

Reservas comemoram vitória nos pênaltis após atividade desta terça, na Academia de Futebol  (Foto: Cesar Grecco/Palmeiras)