Esportes

David Duarte reconhece concorrência pesada, mas quer fazer história no Fluminense

A defesa é o setor com mais equilíbrio de forças no Fluminense. Com boas peças, o clube apresentou David Duarte nesta segunda-feira para aumentar ainda mais a concorrência pelas vagas de titular. O reforço chegou falando em sonho realizado e promete muito empenho para “fazer história” na nova casa.

Aos 26 anos, o zagueiro foi titular na campanha do acesso do Goiás na Série B, mas admitiu que não tinha como recusar uma proposta da equipe carioca. “É um sonho realizado. O Goiás também é grande, mas o Fluminense… não tem comparação. Sinto-me preparado para jogar uma Libertadores, Copa do Brasil. Não terá problema a competição ou o peso da camisa”, mostrou personalidade.


“Se a torcida estiver um pouquinho desconfiada, pode ter certeza de que quando eu estiver dentro do campo darei o meu melhor para quem sabe um dia me tornar referência aqui”, garantiu o zagueiro, feliz com a “bênção” do artilheiro Fred. “O Fred me abraçou, está sempre brincando comigo, é ídolo. É uma honra conviver, treinar, aprender com ele.”

David Duarte, apesar da motivação, não quer passar por cima de ninguém e adotou o discurso de “colaborar com o grupo” para não arranjar atrito com os companheiros de posição. “Estou aqui para somar, a concorrência será forte com Nino, Luccas Claro, David Braz… Estou aqui para disputar minha vaga, quero jogar também e darei meu melhor sempre dentro de campo.”

Abraçado pelo time, David Duarte já se garante ambientado mesmo com poucos dias de trabalho. “Estou me sentindo em casa. É uma honrar treinar com o professor Abel (Braga), todo dia um aprendizado diferente”, ressaltou. “Aos poucos ele vai pedindo o que ele quer, e eu vou atendendo.”

Buscando deixar o time em forma rapidamente com Carioca e fase prévia da Libertadores pela frente, o técnico Abel Braga viu Samuel Xavier e Luiz Henrique se recuperarem da covid-19 e voltarem aos treinos.