Agronegócio

Danone deve vender Stonyfield para conseguir aprovação na compra da WhiteWave

Paris, 31/3 – A francesa Danone disse que planeja vender a Stonyfield, companhia de iogurtes orgânicos, para conseguir a aprovação de órgãos antitruste dos Estados Unidos na compra da WhiteWave Foods. A Danone anunciou, em meados do ano passado, que fechou a compra da empresa de alimentos por cerca de US$ 10 bilhões. A operação aumenta a presença da maior fabricante do mundo de iogurte nos EUA.

Com a fusão, ela teria em seu portfólio grandes marcas como a Dannon, Oikos, Actimel, Silk, Wallaby e Horizon Organic, o que teria despertado questionamentos do Departamento de Justiça sobre potenciais prejuízos ao setor.

A companhia planeja realizar a venda já no mês seguinte após a conclusão da compra da WhiteWave. Analistas dizem que a Danone poderia buscar entre US$ 800 milhões e US$ 900 milhões (incluindo a dívida) neste negócio.

Fundada em 1983, a Stonyfield foi uma das primeiras companhias a aproveitar o crescente desejo dos consumidores por produtos mais naturais. No ano passado, a empresa teve uma receita em torno de US$ 370 milhões. A Danone comprou uma participação de 40% na companhia em 2001 e aumentou sua fatia para 80% em 2004 e, em 2014, arrematou toda a companhia, fortalecendo sua participação nos Estados Unidos contra concorrentes como a General Mills.

Segundo Pierre Tegnér, analista da Natixis, a Danone não deve ter dificuldade em encontrar potenciais compradores, como empresas que querem aumentar sua carteira no segmento orgânico. A Stonyfield tem sido gerenciada de forma independente, o que deve facilitar ainda mais sua separação. Fonte: Dow Jones Newswires.