Esportes

Daniel Guedes, lateral do Goiás, é suspenso preventivamente após cair no doping

O Goiás sofreu uma baixa para a sequência do Campeonato Brasileiro. Flagrado no exame antidoping após o jogo contra o CSA, no dia 27 de maio, pela sexta rodada do Brasileirão, o lateral-direito Daniel Guedes foi suspenso preventivamente.

A substância encontrada no exame foi a higenamina, que tem como função principal acelerar o metabolismo. Depois do exame dar positivo para o uso da mesma, Daniel Guedes solicitou uma contraprova, mas o resultado confirmou o teste anterior.

Assim, o nome do lateral apareceu na lista de atletas suspensos pela Autoridade Brasileira de Controle e Dopagem (ABCD). O julgamento do caso ainda não tem data marcada, mas Daniel Guedes não pode ser utilizado até lá.

O lateral já era desfalque certo para o jogo desta quarta-feira à noite, contra o São Paulo, no Morumbi, por ter recebido o terceiro amarelo na vitória sobre o Fluminense, por 3 a 0, no último domingo. Kelvin e Yago Rocha são as opções para o técnico Ney Franco.

Além disso, o treinador recebeu nesta quarta-feira a notícia de que o atacante Kayke não faz mais parte do elenco esmeraldino depois de ter aceitado uma proposta de um clube do Catar.