Esportes

Daniel Guedes diz não ser titular absoluto do Santos, mas se vê em fase especial

A lesão sofrida por Victor Ferraz no ombro nas rodadas iniciais do Campeonato Paulista foi muito bem “aproveitada” por Daniel Guedes no Santos. Sem a concorrência do companheiro, ele assumiu a condição de titular da lateral direita e não a perdeu mesmo quando o concorrente voltou a ficar à disposição do técnico Jair Ventura. Ele garante, porém, que não se vê como titular absoluto do sistema defensivo.

“Ainda não me vejo como dono da posição porque tenho um companheiro muito bom. Estou como titular, mas acredito que para continuar assim preciso dar continuidade com os bons jogos que venho fazendo e continuar dando assistências e me destacando para seguir na equipe”, afirmou, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé, nesta segunda-feira.

Daniel Guedes avaliou que ainda tem muitos aspectos a evoluir no seu jogo, especialmente defensivamente. No ataque, porém, ele tem sido peça importante do time, com cruzamentos e jogadas de velocidade, tendo participado de vários lances de gol do time nesta temporada e também no último sábado, quando a equipe começou o Campeonato Brasileiro com vitória por 2 a 0 sobre o Ceará, no Pacaembu.

“Sou muito crítico comigo mesmo. Sei que preciso melhorar muito a marcação, o posicionamento e a obediência tática. Em algumas coisas eu evoluí, mas sei que ainda posso melhorar. Estou buscando essa evolução, aceito isso sem problemas, busco o auxílio do Jair. Com o tempo, vou chegar em um nível muito bom”, disse.

Este ano vem sendo especial para Daniel Guedes, que conquistou a confiança do técnico Jair Ventura, ao contrário do que aconteceu em temporadas anteriores. E ele mesmo reconhece que está vivendo uma fase única na sua carreira. “Fico feliz pelo momento que estou vivendo. Confesso que estou confiante jogo a jogo. Entro tranquilo. Antigamente sentia um pouco mais de nervosismo”, comentou.