Istoé em Tóquio

Daniel Alves responde a críticas contra Seleção após polêmica dos agasalhos: ‘Não aceitamos imposições’

Patrocinadora do COB, marca chinesa Peak foi ocultada por opção da CBF e aval dos jogadores. Nadador Bruno Fratus os classificou como 'desconexos e alienados'

Daniel Alves responde a críticas contra Seleção após polêmica dos agasalhos: ‘Não aceitamos imposições’

Daniel Alves respondeu críticas sobre polêmica envolvendo vestimentas da Seleção Brasileira (Foto: PEDRO PARDO / AFP)


Daniel Alves se posicionou sobre a polêmica ocultação da marca Peak durante a cerimônia do pódio brasileiro no futebol. Os jogadores não seguiram o acordo previsto com o COB, pois não usaram os agasalhos do grupo chinês, como era previsto em contrato. Preferiram ficar com o uniforme de jogo, que tinha a marca da patrocinadora da CBF, a Nike. Os jogadores de futebol foram criticados, mas Daniel disse que os atletas não querem ser diferentes de ninguém.

+ Branco culpou os jogadores por polêmica dos agasalhos, diz COB

+ Bruno Fratus critica atletas do futebol por não usarem agasalhos do Time Brasil

+ Brasil tem menos investimento, mas aproveita legado de 2016 e inclusão de novos esportes

Medalhista de bronze nos 50m livre na Olimpíada realizada no Japão, Bruno Fratus classificou os atletas do futebol como “completamente desconexos e alienados”. E criticou a postura por possíveis consequências a outros competidores brasileiros.

Galvão Bueno foi mais um a não apoiar o gesto da Seleção Brasileira. “Profundamente lamentável a atitude, não sei de quem partiu isso, vou seguir buscando quem seria o responsável”, disse o narrador.

Diante da polêmica, Daniel Alves pediu ‘respeito’ e afirmou que os jogadores ‘não querem ser diferentes de ninguém’. Em uma rede social, o jogador do São Paulo também exclamou que não se muda o cenário de outros esportes a partir de críticas contra outras modalidades.

“Eu como capitão dessa equipe respeito todas as opiniões de atletas de outros esportes, porém tem coisas que nós também não aceitamos dentro do esporte. Não queremos ser diferentes de ninguém, mas não aceitamos algumas imposições. Favor quando forem exigir alguma coisa pro seus esportes, respeitar o nosso. Até mesmo porque presamos para que haja uma igualdade dentro das modalidades ou pelo menos um equilíbrio. Não se faz reivindicações criticando outros esportes, devemos criar uma base sólida nas nossas teses para defender as nossas solicitações”, escreveu neste domingo (8).

Instagram will load in the frontend.


Saiba mais
+ Morre a atriz Noemi Gerbelli, a diretora Olívia da novela 'Carrossel', aos 68 anos
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais