Esportes

Daniel Alves na ala pode ser uma alternativa para o São Paulo criar mais pelo lado direito do campo

O camisa 10 atuou na posição por poucos minutos na partida contra o Red Bull Bragantino 

Daniel Alves na ala pode ser uma alternativa para o São Paulo criar mais pelo lado direito do campo

Na vitória do São Paulo por 1 a 0, contra o Red Bull Bragantino, na última segunda-feira (12), o lado esquerdo foi por onde a equipe teve maior volume de jogo. Com o lado direito menos ativo, Daniel Alves, que joga como meia na equipe, chegou a jogar por alguns minutos na lateral direita, o que pode ser uma boa alternativa para equilibrar as ações da equipe.

CONFIRA A TABELA ATUALIZADA DO CAMPEONATO PAULISTA DE 2021!

Daniel foi lateral direito durante sua carreira inteira, onde teve maior destaque, sendo um dos maiores laterais direitos da história do futebol. No São Paulo, o atleta atua como meio-campista, chegando, inclusive, a utilizar a camisa 10.

Assim, o ala direito da equipe é Igor Vinícius, que não conta com um substituto direto na posição, já que o recém-contratado Orejuela não foi inscrito na fase inicial do Campeonato Paulista, tendo como reserva o ponta Galeano, jogador de ataque que não executa exatamente a mesma função.


+ Atleta de Jiu Jitsu morre aos 30 anos de Covid 15 dias após perder o pai pela doença
+ Após ameaças, soldada da PM denuncia coronel por assédio sexual
+ Mulher morre após ingerir bebida alcoólica e comer 2 ovos



Com maior poder de criação e maior qualidade, Daniel Alves, caso atue como ala direito, pode equilibrar o volume de jogo do São Paulo nos lados do campo, visto que nas últimas partidas o time criou muito mais pelo lado esquerdo, onde conta com Reinaldo fazendo o papel de ala.

No jogo contra o Red Bull Bragantino, Crespo chegou a testar essa alternativa durante o segundo tempo. O argentino tirou Igor Vinícius para colocar o meia Igor Gomes, jogando Daniel Alves para a ala direita.

A alteração, porém, não durou muito, pois, poucos minutos depois, o volante Rodrigo Nestor teve que ser substituído por questões físicas, sendo substituído por Galeano, que passou a jogar na ala e Daniel voltou para o meio de campo.

Na coletiva após o jogo, o treinador Hernán Crespo falou sobre a substituição e a necessidade de jogar mais pelo lado direito.

– Acho que devemos jogar mais pelo lado direito. A dinâmica do jogo fez eu colocar o Dani lá, porque o Igor não estava bem. Durou dois, três minutos, porque o Nestor teve um problema, então trocamos. Porém, pela identidade e vontade dele se adaptar com a chuva, com intensidade, coma vontade de ganhar, para mim foi impressionante. Isso eu disse aos jogadores no estádio. Eles merecem um aplauso pelo que estão fazendo – comentou Crespo.

Com muita qualidade ofensiva e de criação e muita familiaridade com a função de lateral direito, a posição de ala direito poderia ser perfeita para o camisa 10 do São Paulo, combinando aquilo que o jogador tem de melhor.

O Tricolor volta a campo na próxima quarta-feira (14), às 22h, no Morumbi, para enfrentar o Guarani, em partida válida pela nona rodada do Campeonato Paulista. O São Paulo lidera o grupo B com 13 pontos e é o melhor ataque da competição, com 16 gols.

Veja também

+ Canadá anuncia primeira morte de pessoa vacinada com AstraZeneca no país
+ Yasmin Brunet comemora vitória de Gabriel Medina
+ Decifrado código dos Manuscritos do Mar Morto
+ Receita de panqueca americana com chocolate
+ Receita rápida de panqueca de doce de leite
+ Contran prorroga prazo para renovação da CNH
+ Receita de moqueca de peixe simples e deliciosa
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS