Esportes

Damares Alves sobre o caso de Robinho: ‘Cadeia imediatamente’

Crédito: Reprodução Instagram

Robinho (Crédito: Reprodução Instagram)

Ao se referir ao caso do jogador Robinho, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, disse nesta segunda-feira (19) que o atacante merece ser preso. Condenado em primeira instância por estupro na Itália, o atleta recorreu da decisão e alega inocência.

“Cadeia, imediatamente. Não tenho outra palavra para falar. Ainda cabe recurso, mas o vazamentos dos áudios…Querem mais o que? Cadeia. Nenhum estuprador pode ser aplaudido. O cara quer voltar para o campo?”, questionou a ministra durante cerimônia no Palácio do Planalto.

Damares fez questão de lembrar que, apesar da condenação não representar a sentença final, o caso está “muito claro”. A ministra contou que após ler as transcrições de alguns áudios do processo, divulgados pelo GE, sentiu vontade de vomitar.

“Eu sei que ainda cabe recurso lá, mas acho que está muito claro”, ponderou.

“A sensação que aquilo [transcrições] me causou, enjôo, vontade de vomitar. Foi muito ruim ter lido o que eu li, de um jogador do porte dele”, criticou.

Em relação ao crime de estupro, a ministra disse que o estuprador não pode receber nenhum tipo de concessão e ressaltou que a pena deve ser cumprida no Brasil ou na Itália.

“Esse é um crime que não merece nenhuma consideração ao abusador, ao estuprador. A gente não tem que fazer concessão para esse tipo de crime. Tem que cumprir a pena estabelecida, ou lá ou aqui, imediatamente”, declarou.

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel