Comportamento

Damares Alves propõe meninos de azul e meninas de rosa para ‘nova era’ no Brasil

Damares Alves propõe meninos de azul e meninas de rosa para ‘nova era’ no Brasil

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos no governo de Jair Bolsonaro, Damares Alves, causou polêmica nesta quinta-feira ao aparecer em um vídeo comemorando o início de uma “nova era no Brasil”, na qual “menino veste azul e menina veste rosa”.

“Atenção, atenção! É uma nova era no Brasil: menino veste azul e menina veste rosa”, diz sorridente a pastora evangélica de 54 anos, antes de dar pulos rodeada de seguidores com a roupa branca que usou durante sua posse em Brasília, na quarta-feira.

Tudo indica que este breve vídeo gravado com um celular, que viralizou nesta quinta-feira nas redes sociais, foi feito pouco antes ou depois da posse, mas essa informação não foi confirmada.

No início da tarde, as declarações da ministra eram o assunto mais comentado no Twitter brasileiro, onde se multiplicavam as críticas e os “memes” irônicos, contra o apoio de alguns eleitores de Bolsonaro.

Damares já tinha mostrado em várias ocasiões sua rejeição à chamada ideologia de gênero, um dos pilares da cruzada conservadora liderada por Bolsonaro.

Advogada, pastora evangélica e contrária ao aborto, Damares declarou durante seu discurso oficial que “o Estado é laico, mas esta ministra é terrivelmente cristã”, e foi interrompida por aplausos dos presentes.

“Neste governo, menina será princesa e menino será príncipe. Ninguém vai nos impedir de chamar as meninas de princesa e os meninos de príncipe. Vamos acabar com o abuso da doutrinação ideológica”, afirmou em outro momento do discurso.

Veja também

+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ Maria Zilda relembra como soube que Ary Fontoura era gay: “A coisa mais incrível que já ouvi”
+ Rafa Kalimann ensina receita de palha italiana; veja o vídeo
+ Juliana Caetano, do Bonde do Forró, fala sobre proposta de 500 mil reais que recebeu
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior