Economia

CVM extingue papel e adota processos administrativos 100% eletrônicos


A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) começou 2017 abolindo o papel de seus processos administrativos. A partir desta segunda-feira, 2, o Sistema Eletrônico de Informações (SEI) será o único canal de abertura de processos na instituição.

A coordenadora da Seção de Documentação, Elizabeth Feitosa, disse em nota que o objetivo da CVM ao excluir o papel como suporte físico dos processos é garantir mais segurança, celeridade, eficiência e transparência nos trâmites.

A medida faz parte das metas do Plano Estratégico 2013-2023 da CVM, que prevê a adoção de técnicas de gerenciamento e otimização de processos, que devem ser constantemente mapeados, padronizados e preponderantemente eletrônicos.

Veja também
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Casamento de Ana Maria Braga chega ao fim após marido maltratar funcionários, diz colunista
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Lázaro Barbosa consegue fugir de novo da polícia após tiroteio
+ Gracyanne Barbosa dança pole dance com novo visual
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago