Economia

CVM abre processo para investigar notícias sobre JBS, após delações

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu processo para investigar o frigorífico JBS, pivô das delações envolvendo o presidente da República, Michel Temer, que vieram à tona na noite da última quarta-feira, 17. Na quinta, após a divulgação das delações, foram publicadas notícias na imprensa de que o frigorífico teria se beneficiado por saber previamente que o escândalo estouraria e que teria reflexos nas ações da empresa e no câmbio.

No site da CVM, consta apenas a informação de abertura de dois processos nos últimos dois dias – um na quarta-feira, 17, e outro ontem, 18.

A autarquia não informa o motivo da abertura dos processos. Por meio da sua assessoria de imprensa, comunicou apenas que divulgará detalhes das investigações em breve, em nota oficial.

Ao todo, a CVM abriu seis processos em nome da JBS neste ano, dois deles nesta semana.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+ Vídeo do TikTok com mulher sendo empurrada de ônibus viraliza; veja

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar