Agronegócio

Custo de produção de algodão sobe 2,27% em setembro no MT, afirma Imea


São Paulo, 18 – O custo de produção de algodão em Mato Grosso na safra 2021/22 subiu em setembro, informou o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), em relatório mensal. Segundo o Imea, o custo operacional efetivo (COE) aumentou 2,27% em relação a agosto, estimado em R$ 14.201,88/hectare até o mês passado. A safra 2021/22 é semeada no fim do ano.

Em relação à safra 2020/21, que foi colhida recentemente, estima-se que haverá aumento de 45,2% no custo operacional efetivo. O COE inclui despesas com aquisição de insumos agrícolas (sementes, fertilizantes, defensivos), operações mecanizadas, mão de obra, impostos e taxas, combustíveis, custo de pós-produção (beneficiamento, classificação, armazenagem, transporte) e despesas financeiras (financiamentos, seguros).

No mês passado, os principais itens que sustentaram a alta do custo de produção foram os fertilizantes e corretivos (+7,05%) e as despesas financeiras (+2,62%), afirmou o instituto. O custo total de produção de algodão no Estado avançou 2,10% em setembro ante agosto para R$ 15.669,48/hectare.


Saiba mais
+ Modelo brasileiro se casa com nove mulheres e vira notícia internacional
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Receita simples e rápida de asinhas de frango com molho picante
+ Conheça o suco que aumenta a longevidade e reduz o colesterol
+ CNH: veja o que você precisa saber para a solicitação e renovação
+ Vídeo de jacaré surfando em Floripa viraliza na internet
+ Vale-alimentação: entenda o que muda com novas regras para benefício
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Descoberto na Armênia aqueduto mais oriental do Império Romano
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais