Esportes

Curry assume culpa por derrota do Warriors: ‘Vai me perseguir por um tempo’


Stephen Curry driblou Kevin Love para disparar um arremesso de três pontos que, há alguns dias, parecia ser impossível de errar. Mas ao invés de empatar a partida a 30s7 do fim, a bola bateu no aro e não entrou. Assim, acabaram as possibilidades do Golden State Warriors conquistar o bicampeonato da NBA, no último domingo, quando o time perdeu por 93 a 89 para o Cleveland Cavaliers, em Oakland, no Jogo 7 da decisão.

“Isso vai continuar a me perseguir por um tempo, porque para mim isso significa muito, ser o líder da minha equipe e fazer o que é necessário, na quadra e em grande momentos”, disse Curry. “Eu fiz isso antes, mas eu não fiz essa noite”.

Ao longo da noite, Curry e seu companheiro Klay Thompson estiveram longe de apresentar a qualidade que caracteriza esta dupla, conhecida como “Splash Brothers”. E o Warriors, ao invés de coroar a melhor campanha de todos os tempos com o título, sofreu a maior virada da história das finais da NBA.

Os 73 triunfos na temporada regular (um recorde), o status de atual campeão, o prêmio de Jogador Mais Valioso dado a Curry por unanimidade e a memorável recuperação na final da Conferência Oeste se tornaram uma mera nota de rodapé.

O que mais será lembrado é que o Warriors foi a primeira equipa a perder uma série final da NBA depois de ter uma vantagem de 3 a 1. “Não é fácil conseguir o que temos, e não é fácil de digerir o que não conseguimos”, disse Curry.

Após desperdiçar duas chances de conquistar o título, o Warriors espera vencer na terceira. O time teve condições de triunfar nos minutos finais de um duelo tenso. Mas não marcou pontos após Thompson empatar o jogo com uma bandeja a 4min39 do fim – o time de Oakland errou os últimos nove arremessos.

Além disso, LeBron James bloqueou o que parecia uma bandeja fácil de Andre Iguodala a menos de dois minutos do fim. Curry errou os seus últimos quatro arremessos de três, numa noite para esquecer, em que acertou apenas quatro de 14. O público na Oracle Arena tentou apoiar a equipe, mas em alguns momentos, refletindo seu nervosismo, se calou. Ao fim, o silêncio foi sepulcral.

Curry ficou sentado no banco por alguns minutos, enquanto se montava o palco para a entrega do troféu ao Cavaliers. Depois, o astro do Warriors passou por vários jogadores do Cavaliers para parabenizar LeBron, o herói da conquista do Cavaliers.


Saiba mais
+ IPVA 2022 SP: veja como consultar e pagar o imposto
+ Um gêmeo se tornou vegano, o outro comeu carne. Confira o resultado
+ Reencarnação na história: uma crença antiquíssima
+ SP: Homem morre em pé, encostado em carro, e cena assusta moradores no litoral
+ O que se sabe sobre a flurona?
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Horóscopo: confira a previsão de hoje para seu signo
+ Veja quais foram os carros mais roubados em SP em 2021
+ Expedição identifica lula gigante responsável por naufrágio de navio em 2011
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua