O Dia

Cunhado de chefe do tráfico é preso por manter mulher em cárcere privado

Homem tem mais de 25 passagens pela polícia

Rio – Policiais militares prenderam Leandro Gomes Rocha, 39 anos, na manhã desta quarta-feira, no Hospital Estadual Getúlio Vargas, após o homem manter a mulher em cárcere privado e torturar a vítima por mais de uma hora. O criminoso, que tem mais de 25 anotações policiais por ameaça e lesão corporal, é cunhado do traficante Lacosta, chefe do Morro da Serrinha, na Zona Norte do Rio. 
De acordo com a Polícia Militar, uma equipe do 41ºBPM (Irajá) foi acionada para verificar a ocorrência em uma casa em Colégio, na Zona Norte. No local, a mulher informou que foi agredida e que o homem havia fugido pelo telhado ao notar a chegada da viatura.
Os policiais fizeram cerco no local e buscas nas ruas. Testemunhas relataram que um homem surgiu pedindo socorro pois teria caído de uma laje. Ele foi levado ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, com um trauma na perna. 
A ocorrência foi encaminhada para a 27ª DP (Vicente de Carvalho). Segundo a distrital, ele está preso e vai responder por violência doméstica e ameaça.