Esportes

Cuiabá e Brasil de Pelotas abrem a Série B

Dourado e Xavante se enfrentam nesta sexta-feira, a partir das 19h30 (Horário de Brasília), na Arena Pantanal

Cuiabá e Brasil de Pelotas abrem a Série B

+ SP deve receber cinco milhões de doses de vacina chinesa em outubro, diz Doria

A Série B vai começar. A partir das 19h30 (Horário de Brasília), Cuiabá e Brasil de Pelotas medem forças na Arena Pantanal, que não terá torcida.

Como chegam

Quando entrar em campo na estreia do torneio nacional, o Cuiabá vai quebrar um jejum de quase cinco meses sem pisar na grama da Arena Pantanal. Recentemente, o técnico Marcelo Chamusca testou a equipe em alguns amistosos e gostou do que viu.

Para a grande estreia, a ideia é manter a base e o zagueiro/capitão Anderson Conceição está de volta para comandar o setor defensivo.

Do outro lado, o Brasil de Pelotas decepcionou no Gauchão. A equipe não conseguiu passar da fase de grupos nos dois turnos e agora precisa dar uma resposta ao torcedor.

Para deixar a situação mais complicada, a equipe perdeu o clássico para o Pelotas no último compromisso antes da Série B.

Prováveis:

Cuiabá: João Carlos; Hayner, Everton Sena, Anderson Conceição e Romário; Auremir, Rafael Gava e Elvis; Felipe Marques, Yago César e Jenison.

Brasil de Pelotas: Rafael Martins; João Ananias, Leandro Camilo, Luis Felipe e Bruno Santos; Jacone, Revson, Sousa e Simião; Luiz Henrique e Dellatorre.

Veja também

+MasterChef: competidora lava louça durante prova do 12º episódio’

+Após ficar internada, mulher descobre traição da mãe com seu marido: ‘Agora estão casados’

+ Jovem é suspeita de matar namorado com agulha de narguilé durante briga por pastel

+ MasterChef: mesmo desempregado, campeão decide doar prêmio

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arqueólogo leva 36 anos para montar maquete precisa da Roma Antiga

+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Pragas, pestes, epidemias e pandemias na arte contemporânea