Esportes

Cuca nega pressão para confronto contra o Palmeiras e evita falar da derrota do rival para o Corinthians

Segundo o comandante do Atlético-MG, o revés para o Timão não vai entrar em campo na decisão de terça-feira, 28, pelas semifinais da Libertadores


Assim que terminou o duelo do Galo contra o São Paulo pelo Brasileirão (empate por 0 a 0), a “chave virou” na equipe mineira para a decisão diante do Palmeiras, terça-feira, 28 de setembro, no Mineirão. A partida vai definir o primeiro finalista da Libertadores 2021. E, o Atlético-MG quer evitar a pressão em cima do time antes da bola rolar.

Esse pensamento foi revelado pelo técnico Cuca, que evitou criar excesso de expectativa sobre sua equipe, apesar de não ter sido derrotado no jogo de ida, trazendo um empate sem gols diante do Verdão. O perigo, segundo o treinador, é o Palmeiras vir a BH e marcar gols, o que pode dar a vaga ao time paulista, mesmo que não vença o jogo.

Pelo regulamento da Libertadores, caso haja empate com gols, a vaga na final será do Palmeiras. Qualquer vitória leva o Galo à decisão. Novo 0 a 0 levará a disputa para as penalidades máximas. Confira o que Cuca falou no vídeo acima.

Palmeiras x Atlético-MG

O Galo quer evitar excesso de pressão na equipe  antes do duelo diante do Palmeiras-(Foto: Cesar Greco)

Saiba mais
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Qual é a melhor versão do Jeep Compass 2022?
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio