Esportes

CSA vence Ponte Preta de virada e cola no G-4 da Série B

A Ponte abriu o placar no primeiro minuto da etapa inicial. Mas o Azulão buscou o resultado no segundo tempo 

CSA vence Ponte Preta de virada e cola no G-4 da Série B

CSA e Ponte Preta deram sequência a 24ª rodada da Série B, no Rei Pelé, em confronto direto pela parte de cima da tabela. E o Azulão bateu os paulistas por 2 a 1, de virada, e permanece firme na luta para voltar à Série A em 2021.

O êxito permitiu ao CSA subir três posições (5ª posição) na tabela e ultrapassar, inclusive, a própria Ponte Preta. O Azulão chegou aos 37 pontos, três a menos que o quarto colocado, Cuiabá.

A derrota fez com que a Ponte Preta caísse uma colocação na classificação e agora está na oitava posição com 36 pontos.

O CSA na próxima rodada, mais precisamente na terça-feira (1), vai ter o clássico contra o CRB, no Rei Pelé. No mesmo dia, a Ponte Preta jogará em casa contra o Sampaio Corrêa.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

PRIMEIRO TEMPO COM GOL DA PONTE NO INÍCIO DO JOGO

Os jogadores de CSA e Ponte Preta nem suaram na partida quando a Macaca abriu o placar. Em cobrança de escanteio de Camilo, Dawhan subiu e fez o primeiro com pouco mais de um minuto de jogo.

Após o gol, o CSA partiu para cima do time campineiro, que ficou mais recuado. Ainda com tempo para fazer seu sistema de jogo, o Azulão conseguiu trabalhar a bola pacientemente buscando brechas na defesa da Ponte, que por sua vez se mostrou segura defensivamente e segurava o resultado.

O gol da Ponte Preta caiu como uma luva, pois a equipe de Marcelo Oliveira administrou durante toda etapa inicial e fez os rivais correrem. Com isso, o CSA de pouco em pouco ia chegando e até acertou uma bola na trave em um chute de fora da área de Paulo Sérgio no último lance de perigo do primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO LÁ E CÁ, MAS O AZULÃO LEVOU A MELHOR

Na volta do intervalo, Mozart mexeu duas vezes no setor ofensivo colocando Rafael Bilu e Rone. Marcelo Oliveira também trocou no ataque tirando Wanderley para por João Veras, e na primeira chance do camisa 9 ele fez tocou na saída do goleiro Matheus Mendes, mas Geovane tirou em cima da linha. No minuto seguinte, aos quatro, o mesmo Veras recebeu um cruzamento sozinho, mas viu Matheus Mendes fazer milagre.

A resposta do CSA veio aos seis minutos. Yago chutou de fora da área e Ygor salvou. Aos oito, o Azulão voltou a assustar em chute de Neto Moura que desviou em Castán e Matheus Mendes, mostrando explosão e reflexo salvou novamente. O jogo reiniciou pegando fogo antes mesmo dos 10 minutos e depois desse período saiu o tento. Em bola alçada na área, Paulo Sérgio escorou na pequena área e Yago, dessa vez, marcou. Empate aos 12 minutos.

Jogo melhorou em relação ao primeiro tempo, período em que só o CSA atacou. No segundo, tanto Azulão quanto a Ponte fizeram um jogo muito igual com muitas chances de perigo, mas a vontade do time alagoano sobressaiu. Após Rafael Bilu tentar por cobertura, a bola sobrou para o artilheiro Paulo Sérgio virar a partida na reta final de jogo e dar números finais ao duelo.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Ticiane Pinheiro posa de maiô decotado e internautas suspeitam de gravidez
+ Denise Dias faz seguro do bumbum: “Meu patrimônio”
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel