Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

O Cruzeiro conquistou a terceira vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Vila Nova por 2 a 0, na noite desta sexta-feira, no Mineirão, pela 16ª rodada. De quebra, disparou ainda mais na liderança. Com o resultado, o líder chegou aos 37 pontos, abrindo sete do Vasco, segundo colocado. O time goiano, por sua vez, conheceu o 10º tropeço seguido e é o lanterna, com somente 12.

O time celeste, não perde há 14 jogos na temporada como mandante, com 13 vitórias, sendo as últimas 11 seguidas, e um empate.

O Cruzeiro dominou todo o primeiro tempo, mas levou um susto do Vila Nova logo de cara com Pablo Dyego. O time mineiro, no entanto, acabou com toda a estratégia do adversário ao abrir o marcador aos nove minutos. Após cobrança de falta, Wagner Leonardo deu um leve desvio de cabeça para fazer 1 a 0.

Pablo Dyego continuou incomodando a defesa do Cruzeiro, mas não encontrou espaço para fazer a infiltração. O volante Pablo também tentou, mas Rafael Cabral fez a defesa. Do outro lado, Luvannor teve duas oportunidades de ampliar, mas não conseguiu passar pelo goleiro Tony.

A superioridade do Cruzeiro ficou ainda mais evidente no segundo tempo. Rafael Donato errou e viu a bola ficar com Luvannor. O atacante chutou, Tony rebateu e, no rebote, mandou para o fundo das redes. Edu quase fez o terceiro, mas jogou por cima do gol.

Com o jogo praticamente decidido, o Cruzeiro tirou o pé do acelerador e recuou, com a clara intenção de administrar a vantagem. Sem forças, o Vila Nova não teve força para reagir e aceitou a derrota.

Os goianos voltam a campo na sexta-feira, às 19h, para enfrentar o Bahia, no OBA, em Goiânia (GO). No dia seguinte, às 11h, o Cruzeiro visita o Guarani, no Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 2 X 0 VILA NOVA

CRUZEIRO – Rafael Cabral; Zé Ivaldo (Rômulo), Oliveira e Wagner Leonardo; Geovane (Pais), Neto Moura, Machado e Bidu; Luvannor (Fernando Canesin), Edu (Rodolfo) e Daniel Júnior (Adriano). Técnico: Paulo Pezzolano.

VILA NOVA – Tony; Pedro Bambu (Diogo), Rafael Donato, Alisson Cassiano e Willian Formiga; Ralf (Marlone), Pablo (Daniel Amorim), Arthur Rezende e Matheuzinho; Pablo Dyego (Rubens) e Diego Tavares. Técnico: Dado Cavalcanti.

GOLS – Wagner Leonardo, aos nove minutos do primeiro tempo. Luvannor, a um minuto do segundo tempo.

ÁRBITRO – Edina Alves Batista (SP).

CARTÕES AMARELOS – Neto Moura (Cruzeiro); Alisson Cassiano, Pedro Bambu e Rafael Donato (Vila Nova).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Mineirão, em Belo Horizonte (MG).