Esportes

Cruzeiro lança iniciativa para receber doações para pagar dívidas com a Fifa

O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, anunciou nesta sexta-feira o lançamento da “Operação Fifa”. A iniciativa tem o intuito de permitir que torcedores realizem doações de qualquer valor para ajudar no pagamento das dívidas pendentes na entidade máxima do futebol mundial.

O Cruzeiro assegura que 100% dos recursos doados pelos torcedores serão destinados aos processos na Fifa. Neste ano, por não ter conseguido quitar uma dívida, pela contratação do volante Denilson, o clube foi punido e iniciará a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro com seis pontos negativos.

Além disso, o Cruzeiro tem dois débitos a vencer em menos de um mês, envolvendo as contratações dos atacantes Pedro Rocha e Rafael Sobis. Além disso, ainda precisa quitar a dívida com o Al Wahda por Denilson ou voltará a ser punido.

“Tenho recebido muitos contatos de torcedores querendo ajudar o Cruzeiro. E todos sabem que entre os nossos maiores problemas hoje estão as dívidas com a FIFA, que impactam diretamente na vida do Clube. Gostaríamos de agradecer muito ao Henrique Tinti, Sócio da Meep, que vai ajudar muito o Cruzeiro com esta logística, e este apoio será fundamental na ação. Quem puder doar, participe, pois isso será muito importante para o Cruzeiro. A Operação Fifa terá esta primeira fase lançada agora, e futuramente vamos divulgar mais ações nas quais o torcedor poderá participar para ajudar o Cruzeiro”, explicou Santos Rodrigues.

Também nesta sexta, através da mesma live em que anunciou a criação da Operação Fifa, o Cruzeiro transmitiu o treino comandado pelo técnico Enderson Moreira. Ele aproveitou o trabalho técnico e tático para esboçar uma formação.

+ Menina engasga ao comer máscara dentro de nugget do McDonald’s

O técnico dividiu os jogadores em duas equipes, com os goleiros Fábio, Vitor Eudes e Vinícius se alternando entre elas. O time sem colete, o titular, jogou na linha com Jean (Raúl Cáceres), Léo, Cacá e João Lucas; Ariel Cabral, Jadsom, Maurício e Régis; Iván Ângulo e Marcelo Moreno. Já a equipe de colete teve Arthur, Marllon, Ramon e Marcelo Hermes; Adriano (Pedro Bicalho), Filipe Machado e Marco Antônio (Vinícius Popó); Welinton (Stênio), Judivan e Thiago.

O atacante Roberson e o meia Everton Felipe fizeram trabalhos internos e os atacantes Riquelmo e Guilherme, recém-promovidos das divisões de base, realizaram atividades físicas, dando sequência ao processo de transição para depois treinarem com o restante do elenco.

Veja também

+ Avaliação: Chevrolet S10 2021 evoluiu mais do que parece

+ Jack Daniel’s com maçã começa a ser vendido no Brasil

+ Grosseria de jurados do MasterChef Brasil é alvo de críticas

+ Gésio Amadeu, o Chefe Chico de Chiquititas, morre após contrair Covid-19

+ Funcionário do Burger King é morto por causa de demora em pedido

+ Cozinheira desiste do Top Chef no 3º episódio e choca jurados

+ Governo estuda estender socorro até o fim de 2020

+ Bolsonaro veta indenização a profissionais de saúde incapacitados pela covid-19

+ Nascidos em maio recebem a 4ª parcela do auxílio na quarta-feira (05)

+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?