Esportes

Cruzeiro faz seu melhor jogo na Série B e bate a Ponte Preta por 3 a 0

O Cruzeiro fez sua melhor atuação na Série B do Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira à noite, e bateu a Ponte Preta por 3 a 0, no Mineirão, em partida que fechou a 12.ª rodada.

Mesmo assim, a situação do time mineiro ainda está longe do ideal. Com 11 pontos, aparece como 15.º colocado, apenas um ponto acima da zona do rebaixamento. A Ponte Preta, mesmo com a derrota, segue dentro da zona de acesso à elite do futebol nacional e ocupa a terceira colocação com 21 pontos, dois a mais do que o Juventude, primeiro time fora do G-4.

Ao contrário do que vinha apresentando na Série B, o Cruzeiro começou tomando conta das ações e envolvendo o adversário com bom toque de bola e muito volume de jogo. Sem deixar a Ponte Preta sair da pressão, não demorou para que Machado abrisse o placar aos 13 minutos em linda cobrança de falta. O goleiro Ivan ainda saltou, mas a bola encobriu a barreira e entrou no ângulo.

Ainda na primeira etapa, aos 30 minutos, Matheus Pereira tocou para Arthur Caíke, que marcou o segundo. O placar só não foi ainda mais elástico porque, logo na sequência, uma cabeçada de Airton parou no travessão.

Na segunda etapa, a superioridade cruzeirense seguiu, e o time da casa quase ampliou três vezes no mesmo lance. Maurício parou em bela defesa de Ivan, Sassá pegou o rebote e acertou a trave, e na sobra, Daniel Guedes finalizou para mais uma defesa do goleiro da Ponte.

De tanto pressionar, o zagueiro Manoel ainda marcou o terceiro aos 32 minutos, completando de cabeça o cruzamento de Régis para fechar o placar a garantir a vitória tranquila do Cruzeiro.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado, pela 13.ª rodada da Série B. A Ponte Preta recebe o Juventude no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), enquanto o Cruzeiro vai à Arena Pantanal enfrentar o Cuiabá.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 3 X 0 PONTE PRETA

CRUZEIRO – Fábio; Daniel Guedes, Ramon, Manoel e Matheus Pereira; Henrique (Rafael Luiz), Machado (Jadsom) e Régis; Airton (Caio), Sassá (Marcelo Moreno) e Arthur Caíke (Maurício). Técnico: Ney Franco.

PONTE PRETA – Ivan; Dawhan, Wellington Carvalho (Alisson), Luizão e Ernandes (Guilherme Pato); Neto Moura (Danrley), Luís Oyama, Luan Dias (Guilherme Lazaroni), João Paulo e Bruno Rodrigues; Matheus Peixoto (Moisés). Técnico: João Brigatti.

GOLS Machado, aos 13, e Arthur Caíke, aos 30 minutos do primeiro tempo. Manoel, aos 32 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Francisco Carlos Nascimento (AL).

CARTÕES AMARELOS – Jadsom e Airton (Cruzeiro); Wellington Carvalho e João Paulo (Ponte Preta).

RENDA E PÚBLICO – Portões fechados

LOCAL – Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar