Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

Nesta sexta-feira, o Cruzeiro recebeu e venceu o Vila Nova-GO, pelo placar de 2 a 0, no Mineirão, em Belo Horizonte. Com o resultado, enquanto a Raposa segue líder e com 100% de aproveitamento em casa na competição, o Tigre segue na outra ponta da tabela, a lanterna.

O JOGO:

Ambas as equipes chegaram ao Mineirão com estratégias bem definidas: enquanto o time da casa era detentor da posse de bola, os visitantes eram reativos.

Nesse contexto, os planos do Vila Nova foram por água abaixo, com o primeiro gol de Wagner Leonardo pela Raposa. Depois disso, ao contrário do esperado, o time estrelado continuou tomando as ações do jogo e criando dificuldades ao adversário.

No segundo tempo, logo no início, Luvannor ampliou o placar para o Cruzeiro. praticamente definindo o resultado. A partir daí, a “fotografia” da partida foi costumeira para o torcedor celeste, com o Cruzeiro mais cadenciado, tocando a bola.

Em suma, mais uma partida extremamente tranquila e controlada do Cruzeiro na Série B. O time comandado por Paulo Pezzolano, agora, precisa de 27 pontos para alcançar os 64, pontuação que, geralmente, é o “número mágico” para o acesso.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS:

Na próxima terça-feira, o Cruzeiro enfrenta o Ituano, em Itu, por jogo atrasado da 13ª rodada da Série B. Enquanto isso, o Vila Nova-GO encara o Bahia, em Goiânia, na sexta-feira.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

CRUZEIRO 2×0 VILA NOVA-GO
Data: 01 de julho de 2022
Horário: 21h30 (de Brasília)
Local: Estádio Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Edina Alves Batista (SP)
Assistentes: Neuza Inês Back (SP) e Leila Naiara Moreira da Cruz (DF)
Árbitro de vídeo – VAR: Vinícius Furlan (SP)
Cartões amarelos: Pedro Bambu (VIL), Alisson (VIL), Neto Moura (CRU) e Rafael Donato (VIL)
Gols marcados: Wagner Leonardo, aos 09’/1ºT (1-0) e Luvannor, aos 01’/2ºT (2-0)

CRUZEIRO (Técnico: Paulo Pezzolano)

Rafael Cabral; Zé Ivaldo (Rômulo, aos 04’/2ºT), Lucas Oliveira e Wagner Leonardo; Geovane Jesus (Leo Pais, aos 36’/2ºT), Neto Moura, Filipe Machado e Matheus Bidu; Daniel Jr (Adriano, aos 17’/2ºT), Luvannor (Fernando Canesin, aos 36’/2ºT) e Edu (Rodolfo, aos 17’/2ºT).

VILA NOVA-GO (Técnico: Pedro Gama)

Tony; Pedro Bambu (Diogo, aos 25’/2ºT), Rafael Donato, Alisson e Willian Formiga; Ralf (Marlone, aos 25’/2ºT), Pablo Roberto (Daniel Amorim, aos 17’/2ºT) e Arthur Rezende; Matheuzinho, Pablo Dyego (Rubens, aos 43’/2ºT) e Diego Tavares.