Tecnologia & Meio ambiente

Crocodilos ameaçados de extinção nascem no zoológico do Peru

Crocodilos ameaçados de extinção nascem no zoológico do Peru

O zoológico de Lima anunciou nesta terça-feira (26) o nascimento em cativeiro de dois crocodilos americanos ou de Tumbes, uma espécie ameaçada de extinção, após um período de incubação artificial bem sucedido registrado pela primeira vez na América Latina. - HUACHIPA ZOO/AFP

O zoológico de Lima anunciou nesta terça-feira (26) o nascimento em cativeiro de dois crocodilos americanos ou de Tumbes, uma espécie ameaçada de extinção, após um período de incubação artificial bem sucedido registrado pela primeira vez na América Latina.

Os filhotes de crocodilos nasceram em meados de janeiro, após 90 dias de incubação dos ovos do casal de pais constituídos por ‘Coco’ e ‘La Pinta’, que vivem no Zoológico de Huachipa, a leste de Lima.

“É um sucesso, é um orgulho reproduzir esta espécie em perigo de extinção e em cativeiro”, disse à AFP José Flores, chefe da área de répteis do zoológico.

Os recém-nascidos vivem em um aquário especial, medem 35 centímetros e pesam 45 gramas cada. Ambos possuem a tradicional cor verde oliva da espécie e olhos protuberantes.

O nascimento foi considerado pelo zoológico como uma conquista para a conservação da espécie, pois “é registrado não só pela primeira vez no Peru, mas em toda a América Latina”.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

No Peru são conhecidos como “crocodilos de Tumbes” porque seu habitat natural são os manguezais de Tumbes, na fronteira do Peru com o Equador.

Os pequenos répteis pertencem à espécie Crocodylus Acutus e são os únicos que sobreviveram dos 24 ovos que a mãe pôs.

Com 195 quilos, o crocodilo pai tem cinco metros de comprimento, enquanto a mãe tem 2,5 metros e 85 quilos. Ambos têm 20 anos.

O zoológico de Lima lançou uma campanha em suas redes sociais para dar nomes aos dois répteis.

Esta espécie é encontrada no sul dos Estados Unidos, México e Venezuela, mas em países como Peru e Equador está criticamente ameaçada. A caça implacável por sua pele reduziu drasticamente o número na década de 1960. Agora existem restrições que controlam o comércio de crocodilos e suas peles.

Veja também

+ Cientistas descobrem nova camada no interior da Terra
+ Aprenda 5 molhos fáceis para aproveitar o macarrão estocado
+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Veja os lugares inusitados onde famosos já fizeram sexo
+ Como saber se um pisciano está apaixonado por você? Descubra como Peixes reage ao amor!
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago