Esportes

Cristiano Ronaldo marca, Portugal empata com a França e avança na Eurocopa


Cristiano Ronaldo salvou mais uma vez Portugal nesta quarta-feira. Com dois gols, ambos de pênalti, o craque garantiu o empate com a França, por 2 a 2, e também a vaga da sua seleção nas oitavas de final da Eurocopa. Os franceses entraram em campo na Puskás Arena, em Budapeste, já classificados. Pelo mesmo Grupo F, a Alemanha avançou também ao mata-mata.

Com três penalidades, o confronto na Hungria contou com o protagonismo de Cristiano Ronaldo, Karim Benzema, autor também de dois gols, e Paul Pogba. Os portugueses saíram na frente, mas os franceses viraram o placar e estiveram perto de eliminar os atuais campeões europeus. Mas o ídolo português evitou a decepção ao anotar o gol de empate aos 14 minutos do segundo tempo.

Os resultados da rodada deixaram a França na primeira colocação do Grupo F, com cinco pontos. A Alemanha, que empatou com a Hungria também por 2 a 2, chegou aos mesmos quatro pontos de Portugal, em terceiro por conta da derrota no confronto direto com os alemães. Os húngaros, com dois pontos, foram eliminados.

Assim, nas oitavas, a Alemanha vai duelar com a Inglaterra em Wembley, na terça que vem. Os portugueses terão pela frente a Bélgica, uma das melhores seleções da fase de grupos, no domingo, em Sevilha.

Com a vaga garantida no mata-mata, o técnico Didier Deschamps fez mudanças na seleção francesa. Sacou Pavard, Digne e Rabiot e escalou Koundé, Hernandez e Tolisso. Do lado português, Fernando Santos tirou William e Bruno Fernandes, longe de brilhar nesta Euro, e colocou Renato Sanches e João Moutinho na equipe titular.

Mesmo com as alterações e com a classificação antecipada, a França começou melhor. Era mais ofensiva e criativa e fazia pouco esforço para chegar ao ataque. Portugal, sem usar a marcação alta usada nos primeiros jogos, esperava o rival. Os portugueses se defendiam com uma linha de cinco jogadores.

A postura recuada quase custou caro a Portugal aos 15, quando Pogba deu lindo passe para Mbappé finalizar com perigo. Rui Patrício fez a defesa. Os franceses pareciam perto do gol quando tudo mudou. Foi aos 27, quando Lloris fez uma saída aérea desastrada e acertou quase um soco no rosto do volante Danilo Pereira: pênalti. Cristiano Ronaldo bateu e não perdoou, se isolando na artilharia da Euro, com quatro gols.

O gol desanimou os franceses, mais lentos e sem iniciativa no ataque. Pogba atuava sozinho na armação e faltava comunicação entre o meio e o ataque formado por Mbappé, Griezmann, Tolisso e Benzema. Mas, antes do intervalo, Mbappé disparou dentro da área, se chocou com Semedo e o árbitro anotou a penalidade. Benzema converteu com tranquilidade.

Se o jogo ganhava novamente em equilíbrio, os franceses trataram de desequilibrar novamente no começo do segundo tempo. No primeiro minuto, Pogba lançou Benzema, que entrou na área e bateu na saída de Rui Patrício: 2 a 1. O VAR até checou o lance, por suspeita de impedimento, mas confirmou a virada francesa.

O placar eliminava Portugal ainda na fase de grupos da Euro. Mas um pênalti voltou a mudar a história do jogo. Aos 13, Cristiano Ronaldo tentou cruzar na área e a bola acertou a mão de Koundé. O próprio atacante cobrou, anotou seu segundo gol na partida e manteve o time português vivo na partida e na competição.

Depois do empate, a França se manteve no ataque e criou boas chances para anotar o terceiro. Na melhor delas, aos 22, Pogba acertou lindo chute de fora da área. Rui Patrício saltou para desviar a bola, que carimbou a trave e saiu. Aos poucos, o jogo caiu de ritmo e as duas seleções, classificadas com os placares da rodada, passaram a cadenciar o duelo, à espera do apito final.

RECORDE – Autor de dois gols nesta quarta, Cristiano Ronaldo voltou a fazer história. Ele igualou a marca de 109 gols do iraniano Ali Daei, até então o recordista de gols por uma seleção. O português chegou ao número em 178 partidas, enquanto Daei precisou de 149 jogos para balançar as redes por 109 vezes.

Artilheiro desta Euro, agora com cinco gols, o atacante português ampliou o recorde de gols na competição, alcançando 14. Ele já era o jogador que mais disputou edições do torneio, com cinco participações, e também o que mais venceu, com 12 vitórias.

Veja também
+ Nicole Bahls já havia sido alertada sobre infidelidade do ex-marido
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Chef playmate cria receita afrodisíaca para o Dia do Orgasmo
+ ‘Transo 15 vezes na semana’, diz Eduardo Costa ao revelar tratamento por vício em sexo
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Mercedes-Benz Sprinter ganha versão motorhome
+ Veja fotos de Karoline Lima, novo affair de Neymar
+ Anorexia, um transtorno alimentar que pode levar à morte
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago