Artigos

Crise social, financeira, conflito nuclear: o que preocupa a elite de Davos?

Crise social, financeira, conflito nuclear: o que preocupa a elite de Davos?

(Arquivo) Este encontro tem como objetivo discutir os desafios da retomada econômica após o impacto causado pela pandemia - AFP/Arquivos

Uma crise social devido à pandemia de coronavírus no curto prazo, um colapso financeiro no médio prazo e, no longo prazo, conflitos com armas de destruição em massa em um contexto de mudanças climáticas preocupam a elite econômica mundial – aponta levantamento do Fórum de Davos publicado nesta terça-feira (19).

De acordo com a edição de 2021 do “Global Risks Report” do Fórum Econômico Mundial, entidade responsável pelo encontro anual da elite mundial na cidade suíça de Davos, as epidemias e o aumento da pobreza são os temas que mais ameaçam a estabilidade mundial, não esquecendo possíveis desastres meteorológicos nos próximos dois anos.

Em um horizonte de três a cinco anos, os riscos mais citados são econômicos: a explosão de bolhas financeiras alimentadas nos últimos anos pela generosidade dos bancos centrais, falhas de infraestruturas tecnológicas globais e preocupações com a estabilidade de preços no futuro.

A longo prazo, os membros do Fórum Econômico Mundial expressaram preocupação com a sobrevivência da humanidade por meio do uso de armas de destruição em massa, o colapso de Estados inteiros e a perda da biodiversidade.

“O custo humano e econômico imediato da covid-19 é severo. Ameaça anular vários anos de progresso na redução da pobreza e enfraquecer ainda mais a coesão social e a cooperação internacional”, escrevem os autores do relatório.


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

O “Global Risks Report” apresenta 841 respostas de parceiros do Fórum Econômico Mundial – empresários, formuladores de políticas, especialistas e chefes de associações – coletadas entre setembro e outubro de 2020.

Devido ao novo coronavírus, este ano, o Fórum de Davos está deixando o aconchegante resort de mesmo nome, propício a compromissos de negócios ambiciosos e discretas reuniões diplomáticas.

Os organizadores planejam uma edição virtual de 25 a 29 de janeiro e um encontro, desta vez presencial, em Singapura, no final de maio.

Veja também

+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Jogadora de Call of Duty de 19 anos, é assassinada a facadas em São Paulo
+ Em entrevista Andressa Urach relembra episódio em que praticou zoofilia
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cataratas do Niágara congelam e as imagens são incríveis
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica

v