Esportes

Criciúma empata, ainda respira na Série B e encerra sonho de acesso do Paraná

O Criciúma ainda está vivo na briga contra o rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. O clube catarinense, com gol de Léo Gamalho aos 40 minutos do segundo tempo, arrancou o empate por 1 a 1 contra o Paraná, no estádio Heriberto Hulse, pela 37.ª rodada, e se manteve com chance de escapar da Série C, enquanto os visitantes, que marcaram com Guilherme Santos, estão fora da briga pelo acesso.

Mas apesar do empate, o Criciúma irá precisar de um milagre, uma vez que terá de vencer na rodada final e ainda terá de torcer contra Vila Nova (35), Londrina (36) e Figueirense (39), todos com dois jogos a fazer. O Paraná, por sua vez, parou na sexta colocação com 55 pontos, cinco a menos em relação ao G4.

Os dois times entraram em campo precisando da vitória e foram em busca do gol. Aos 12 minutos, Éder Sciola fez o goleiro Paulo Gianezini trabalhar em chute firme de dentro da área. Quatro minutos depois, o Criciúma pediu pênalti em Derlan após Thiago Rodrigues deixar o pé no jogador do clube catarinense. Os donos da casa voltaram a assustar aos 17, quando Léo Gamalho cabeceou e viu a bola raspar o travessão.

Se o Criciúma não marcou, o Paraná fez o seu aos 34 minutos. Guilherme Santos recebeu de Bruno Rodrigues, entrou na área e bateu cruzado, para o fundo das redes.

No segundo tempo, o jogo caiu de produção. Os times poucos criaram. Tanto é verdade que a primeira boa chance surgiu só aos 29 minutos. Matheus Anjos tocou para Jenison que chutou de primeira e fez Paulo Gianezini fazer grande defesa.

Aos 40 minutos, Léo Gamalho pegou bola rebatida e tocou no canto, sem chance para Thiago Rodrigues. Empate do time da casa para delírio da torcida que lotou o estádio. Aos 50 minutos, Foguinho quase marcou o gol da virada e de bicicleta. Mas o goleiro Thiago Rodrigues espalmou.

O Criciúma se despedirá da Série B em 30 de novembro, às 16h30, diante do Oeste, na Arena Barueri. O Paraná, por sua vez, receberá o Botafogo-SP no mesmo dia e horário no estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR).

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 1 X 1 PARANÁ

CRICIÚMA – Paulo Gianezini; Carlos Eduardo (Daniel Costa), Sandro, Derlan e Marlon; Eduardo, Foguinho e Wesley (Luquinha); Reis (Reinaldo), Andrew e Léo Gamalho. Técnico: Roberto Cavalo.

PARANÁ – Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Rodolfo, Fabrício e Guilherme Santos; Luiz Otavio, Itaqui (Jhony Douglas), Jhemerson (Alesson) e Matheus Anjos (Vitinho); Bruno Rodrigues e Jenison. Técnico: Matheus Costa.

GOLS – Guilherme Santos, aos 34 minutos do primeiro tempo. Léo Gamalho, aos 40 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Daniel Nobre Bins (RS).

CARTÕES AMARELOS – Foguinho, Sandro, Derlan (Criciúma); Itaqui e Fabrício (Paraná).

CARTÃO VERMELHO – Rodolfo e Fabrício (Paraná)

RENDA e PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).

Veja também

+ Usado: Toyota Corolla é carro para ficar longe da oficina
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior