Brasil

CPI ouve hoje irmãos Miranda sobre compra da Covaxin

CPI ouve hoje irmãos Miranda sobre compra da Covaxin

O deputado Luis Miranda


A CPI da Covid ouve hoje, a partir das 14h, o servidor da área técnica do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda e o irmão dele, o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF). Aliado do governo, o deputado diz ter avisado o presidente Jair Bolsonaro sobre indícios de irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin, relatados pelo irmão. Os irmãos irão à CPI na condição de convidados, não convocados.

O acordo do governo federal para a compra da Covaxin com a Precisa Medicamentos é investigado pelo MPF, que identificou indícios de crime no contrato e suspeita de superfaturamento, corrupção, entre outras possíveis irregularidades. O investimento da União é de R$ 1,6 bilhão.
Apesar do aval da Anvisa, com restrições, para a importação de 4 milhões de doses da Covaxin, o Brasil ainda não recebeu nenhum lote com doses da vacina indiana.