Brasil

CPI da Covid: Onyx e Osmar Terra serão incluídos na lista de investigados

Crédito: Valter Campanato/Agência Brasil

O ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), o deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) e a fiscal do contrato da vacina indiana Covaxin, Regina Célia, serão incluídos na lista de investigados da CPI da Covid. As informações são do jornal O Globo.

O relator da comissão no Senado, Renan Calheiros (MDB-AL), determinou a inclusão deles na lista nesta terça-feira (31), e disse já ter elementos para propor o indiciamento dos três nomes em seu relatório final, que deve ser apresentado ainda este mês.


Onyx será investigado por conta dos invoices (espécie de nota fiscal internacional) da Covaxin, após o servidor do Ministério da Saúde Luis Ricardo Miranda ter denunciado um indício de corrupção na compra bilionária da vacina indiana.

Como fiscal do mesmo contrato, Regina Célia também será investigada por autorizar os avanços na burocracia das negociações para a aquisição do imunizante, mesmo com os invoices apresentados pela intermediária Precisa não estando de acordo com o contrato assinado com o Ministério da Saúde.

Já o deputado Osmar Terra é considerado o chefe do que vem sendo chamado de “gabinete paralelo”, que consistia em uma estrutura de discussão de políticas públicas para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 e o aconselhamento do presidente Jair Bolsonaro fora do escopo do Ministério da Saúde.