Geral

CPI da Covid aprova convocação de ex-mulher de Bolsonaro

CPI da Covid aprova convocação de ex-mulher de Bolsonaro

BRASÍLIA (Reuters) – A CPI da Covid do Senado aprovou nesta quarta-feira a convocação da Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro, para depor na comissão para esclarecer suspeitas de atuação junto a suposto lobista para indicar pessoas para ocupar cargos no governo federal.

O vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), disse que há uma suspeita de que o advogado, empresário e suposto lobista Marconny Albernaz, que depõe na CPI nesta quarta, teria se valido de relações com Ana Cristina para encaminhar currículos para pessoas ocupar cargos no governo.

Munido de um habeas corpus, o empresário, entretanto, permaneceu em silêncio ao ser questionado se a ex-mulher do presidente levou adiante seus pedidos.

“Acabamos de aprovar requerimento de convocação da sra. Ana Cristina Bolsonaro. Temos certeza que seu depoimento contribuirá muito para as investigações desta CPI”, disse o parlamentar, em postagem no Twitter.

Durante o depoimento, Albernaz disse ter relação com o filho mais novo do presidente, Jair Renan, por meio de quem conheceu Ana Cristina. Ele afirmou, no entanto, que não tem negócios com a família Bolsonaro.

(Reportagem de Ricardo Brito)

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago